Doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) “A principal causa das doenças cardiovasculares é a inflamação sistêmica, por isso é preciso avaliar a saúde como um todo. Fatores que influenciam: obesidade, estresse, diabetes principalmente tipo 2, hipertensão,continue lendo →

narcolepsia

Estima-se que 3 milhões de pessoas tenham a narcolepsia no mundo, um distúrbio do sono crônico, que causa sonolência excessiva diurna Distúrbio do sono crônico que causa sonolência excessiva diurna e que compromete intensamente o dia a dia das pessoas que sofrem com a doença. Os especialistas da Associação Brasileira do Sono alertam a população como reconhecercontinue lendo →

Artrite Idiopática Juvenil

Diferente do que muitos pensam, as patologias cuidadas pelo reumatologista podem afetar as pessoas em qualquer idade, inclusive na infância e adolescência. Pela saúde de nossos jovens, está na hora de quebrar mitos! Artrite Idiopática Juvenil (AIJ): o nome até assusta, não é? Este termo caracteriza-se por um conjunto decontinue lendo →

Transtorno de ansiedade na infância

O Transtorno de Ansiedade em crianças e adolescentes se apresenta como estados desproporcionais com as situações vividas no cotidiano Crianças são especiais e sabemos que quando falamos destes seres que nos são entregues como presentes para que possamos cuidar, todo conhecimento é necessário; E graças ao avanço da neurociência, muitoscontinue lendo →

Doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares estão surgindo de forma cada vez mais precoce, influenciando na saúde geral da população Usualmente, as doenças cardiovasculares são mais comuns a partir dos 50 anos de idade. Mas, hábitos pouco saudáveis – como a má alimentação, caracterizada inclusive pelo alto consumo de fast food e o sedentarismo – têmcontinue lendo →

Alzheimer

Diagnóstico de Alzheimer impacta a qualidade de vida, mas também altera de forma profunda a rotina doméstica; evolução da doença pode levar pacientes e familiares ao desenvolvimento de transtornos de humor Por ser uma doença neurodegenerativa, não existe cura para o Alzheimer. O cenário ideal une o diagnóstico precoce aocontinue lendo →