16 mulheres que estão comandando partes do mundo

Lendo o The Independent, cheguei na matária ” The 16 women taking over the world” e resolvi compartilhar com vocês e esse ano, como aqui é ano de eleição temos duas mulheres com perfis completamente diferentes concorrendo a presidência do nosso país.

Julia Gillard primeira-ministra da Austrália.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, eleita em 2005, é peça importante no cenário político europeu.

Johanna Sigurdardottir, a primeira mulher a ocupar o cargo de primeiro-ministro da Islândia e é também a primeira mulher no mundo ocupando um cargo alto e assumidamente gay.

Sheikh Hasina Wajed foi duas vezes eleita primeira-ministra de Bangladesh, o primeiro mandato durou entre 1996 e 2001 e o segundo iniciou em 2008. Embora o presidente de Bangladesh é tecnicamente o chefe de estado,Wajed é responsável pela gestão do dia-a-dia do país.

A Libéria é o primeiro país do continente Africano a ter uma mulher presidente. Ellen Johnson-Sirleaf foi eleita numa votação em segundo turno de 2005, tendo liderado um movimento pela paz chamado Women of Liberia Mass Action for Peace. Assumiu o cargo oficialmente em janeiro de 2006 e desde então criou a Truth and Reconciliation Comission (Comissão Verdade e Reconciliação) para investigar os 20 anos de guerra civil no país e promover a paz e unidade nacional.

Pratibha Patil é oa primeira mulher a ocupar o cargo de presidente na Índia. Eleita em 2007, ela e seu marido criaram numerosas fundações filantrópicas, escolas e cooperativas no país.

Laura_ChinchillaA Presidente da Costa Rica Laura Chinchilla é a primeira mulher a ocupar o cargo o país, havia sido vice-presidente de Oscar Arias Sanchez, ganhou 47% dos votos em maio de 2010. Sua oposição ao aborto e ao casamento gay tem atraído críticas de grupos de direitos humanos. Laura Chinchilla é geralmente considerado conservadora.

Gloria Macapagal-Arroyo é a segunda mulher eleita para o cargo de presidente nas Filipinas. A primeira mulher foi Corazon Aquino. Gloria é filha do ex-presidente Diosdado Macapagal, tendo sido empossada em janeiro de 2001 e eleito para um segundo mandato em 2004.

A presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite, é muitas vezes referida pela antiga alcunha  de Margareth Thatcher, como ‘Dama de Ferro “, por seus modos francos e por ser faixa preta em karatê. Foi empossada como primeira presidente mulher do país em julho de 2009, tendo conquistado uma vitória esmagadora em maio, com mais de 68% dos votos.

Cristina Fernandez de Kirchner tomou posse na Agentina em Outubro de 2007, após vencer com mais de 45% dos votos, com uma vantagem de 22% sobre o rival mais próximo na corrida a presidência da Argentina.Apesar de ser a segunda presidente da Argentina, do sexo feminino, a primeira foi Isabel Martínez de Perón (1974-1976), Cristina é a primeira mulher a ter sido eleita para o cargo.

Tarja Halonen foi eleita primeira mulher presidente da Finlândia em Março de 2000. O líder do Partido Social Democrata, havia sido membro ativo do Parlamento Europeu desde 1979 e teve uma carreira impressionante trabalhando com sindicatos e organizações não-governamentais. Halonen foi originalmente eleito com 46% dos votos, sua aprovação chegou a 88% em 2003, e foi reeleita para um segundo mandato em 2006 com quase 52% dos votos.

Jadranka Kosor, ex-jornalista, tomou posse como primeira-ministra da Croácia em julho de 2009, depois que o primeiro-ministro Ivo Sanader ter se demitido. Assumiu o cargo de chefe da União Democrática Croata após ter recebido 83 dos 153 votos parlamentares, e depois de ter sido pessoalmente recomendada por Sanader para substituí-lo.

Após a revolução que aconteceu em Abril de 2010 no Quirquistão, quando tumultos generalizados em Bishtek acabaram gerando a queda do presidente Kurmanbek Bakiev, a ex-ministro das Relações Exteriores Roza Otunbayeva foi escolhida para o cargo de presidente interina do Quirguistão. Roza vai exercer o cargo até a eleição que será realizada em 2011.

Política e advogada, Doris Leuthard, foi eleita presidente do conselho federal suíço em 2010, da qual é membro desde 2006. O conselho é composto por sete membros do conselho executivo e o presidente não é considerado chefe de Estado, mas o Conselho atua como um bloco. Todos os anos, um membro é nomeado para liderar o Conselho e este ano foi a vez de Leuthard.

Kamla Persad-Bissessar é a primeira mulher eleita primeira-ministra da República de Trinidad e Tobago, assumiu o cargo em maio de 2010. Kamla iniciou a carreira política em 1995, servindo como um MP e Procuradora Geral, posteriormente tornou-se Ministra da Educação. Tornou-se líder da Oposição do Congresso Nacional em 2006, quatro anos depois foi eleita primeira ministra.

Mary McAleese é presidente da Irlanda, e a primeira mulher no mundo a ser eleita para suceder outra mulher como chefe de Estado. Tornou-se presidente em 1997 e venceu com facilidade o segundo mandato, em 2004, tendo sido a única candidata validamente nomeada. A ex-advogada é também a primeira presidente da Irlanda a ter nascido na Irlanda do Norte.

Aos 30&Alguns, você já imaginou algum dia se teremos uma presidente mulher?

Curta nossa página 😉

17 thoughts on “16 mulheres que estão comandando partes do mundo

  1. Pingback: Leona Pacheco
  2. Pingback: Samantha Shiraishi
  3. Pingback: Bia Cardoso
  4. Pingback: Tweets that mention 16 mulheres que estão comandando partes do mundo | 30 e Alguns -- Topsy.com
  5. Pingback: Danielly de Deus
  6. Pingback: denise rangel
  7. Pingback: Thiago Melo
  8. Pingback: MarcioGiudice
  9. Pingback: Floripa Surf Club
  10. Pingback: Araguaci
  11. Esqueceram da Bachelete!
    Primeira presidenta do CHILE!
    Ficou em 15o lugar entre 100, na revista TIME, como a pessoa mais influente no mundo.
    Forbes colocou ela no 22o lugar entre 100, entre as mulheres mais poderosas no mundo!
    Tambem a primeira presidenta ELEITA na sul america!
    Encarregada tambem da ONU Women.

  12. Pingback: Kitty_Pryde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn