Afinal, a mulher tem direito de abortar?

Vira e mexe tem discussão na tv, nas redes sociais sobre o direito da mulher de abortar e o direito do feto a vida e hoje eu vi uma das explicações que mais se encaixa com a minha opinião, a Cris Guimarães escreveu no facebook  “É surreal a discussão “se a mulher tem direito de abortar”. Ela não só tem esse direito, como só a ela cabe decidir, na sua consciência o que fazer. Não é um magistrado, um deputado ou um religioso que vai dizer isso, tampouco impor. A legalização serviria à liberdade de escolha. Quem é contra ou a favor, vai continuar sendo e vai ser obrigado a respeitar a posição do outro, mesmo que contrária à sua.”

As pessoas são muito hipócritas, essa é uma das maiores características do brasileiro, a hipocrisia, em relação a quase tudo, gostamos de fingir que somos o país da igualdade racial, da alegria, da cordialidade, entre tantas outras coisas e muitas vezes com a bandeira a favor da vida, fecham-se os olhos para os inúmeros abortos que acontecem a todo momento … todo mundo sabe só finge não saber.

Quantas pessoas  a favor da vida e contra o aborto conversam com mulheres decididas a abortarem tentando convencê-las do contrário e por exemplo, dizendo que irão ajudar no futuro, caso seja necessário, ou ainda, quantas dessas pessoas estariam realmente dispostas a adotarem crianças nascidas de mães que desistiram de abortar mas que não tem a intenção de manter a criança?

A maioria que é contra é por motivos religiosos e sendo assim o único que tem o poder de julgar é ELE, na hora do Juízo Final, nem eu , nem você, ” não julgueis para não ser julgado”.

Se acreditamos na lei do retorno, no juízo final, em reencarnação pagando pelos erros, o problema é e será de quem tomou a decisão, de ninguém mais, aos 30&Alguns isso é mais ou menos o que penso e quase nunca falo, assim como grande parte das mulheres. #prontofalei

Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn