De repente

De repente a vida da gente
Dá nó na cabeça
Faz intriga na mente
Depois pede desculpa

De repente a vida bate
Na porta da gente
E sem licença abre
O leque das possibilidades
E sem cerimônia
Floreia o presente

De repente tudo vai bem
De repente tudo vai mal
De repente se desenrola o tapete
De repente o teto cai na cabeça da gente

Curta nossa página 😉

2 thoughts on “De repente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn