Dicas essencias para higiene na pia da cozinha

Um estudo feito pela Fundação de Pesquisa para Saúde e Segurança Social (FESS), em parceria com a Universidade de Barcelona, apontou que a pia da cozinha possui 100 mil vezes mais germes do que no banheiro e que eles se concentram principalmente nas esponjas e nos panos.

Fiquei surpresa ao descobrir que independente da marca ou tecnologia, a vida útil da esponja doméstica, aquela que utilizamos na pia para lavar louças, por exemplo,  é de uma semana, após este período a esponja deve ser descartada e que uma prática bem comum entre as donas de casas de reutilização da esponja para a limpeza de um outro ambiente, como a área de serviço ou banheiro, nunca deve ser feita.

Segundo o o biomédico e microbiologista Roberto Figueiredo (Dr. Bactéria), as esponjas e os panos são utensílios que estão em contato com a água o tempo todo, e os locais com umidade são os preferidos das bactérias,  a umidade é só um dos fatores que estimula a proliferação de germes e bactérias, sendo que os resíduos dos alimentos é que “alimentam” esta proliferação. Louças mal lavadas, tábuas e colheres de madeira, cantos de pia são exemplos clássicos de locais que acumulam restos de alimentos e geram contaminação cruzada. E a esponja é o utensílio que mais causa este tipo de contaminação , a pessoa lava a tábua de madeira contaminada com a mesma esponja que lava seus pratos e copos, por exemplo, espalhando bactéria por toda a louça. Esse tipo de contaminação pode causar diarreia, vômitos e febre.

Utilizá-la corretamente é o primeiro passo para evitar este tipo de situação.

Após lavar a louça, deve-se enxaguar bem a esponja em água corrente até parar de sair espuma, deve-se torcer bem e guardar em local seco, de uma forma que permita escorrer os restos de água. Nunca deixe-a sobre o sabão, em recipientes que não permitem o escoamento da água, nem embaixo da pia, o ideal é deixá-la secar completamente sobre o escorredor de louças.esponja

Não imaginava que na esponja deve ser usado apenas detergente, nunca sabão, líquido ou em pedra, pois este tipo de produto não apresenta características bactericidas e pode levar germes para a esponja e, consequentemente, para as louças.

Existem algumas esponjas com tecnologia que não permite a proliferação de bactérias (EsfreBom), possui Íons de Prata em sua composição, que garante a eliminação de 99,9% das bactérias presentes na esponja até o fim do uso.

E apesar de grande parte da população mundial não saber, é necessário fazer uma desinfecção diária na esponja , você pode embrulhá-la em um papel toalha, colocá-la em um pires e levá-la ao micro-ondas por um a dois minutos. Outra opção é lavar a esponja e deixá-la submersa em um recipiente com água fervendo por três minutos ou ainda imergir a esponja em uma solução de 2 colheres de sopa de água sanitária mais 1 litro de água, por 10 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.