Leitores eu vi e vou queimar o filme

Na verdade, não da para ver nada nessa foto que foi tirada com o meu celular, apesar de ter máquina digital, moro na cidade que um dia já foi maravilhosa e se eu ficar tirando a máquina da bolsa dentro do ônibus para tirar fotos, tem uma grande possibilidade de ao descer do ônibus algum malandro vir atrás da minha persona e me roubar e como tudo custa MUITO caro aqui em Terra Brasilis, tenho que me precaver.

Então, eu na minha aventura, resolvi tirar uma foto do viaduto que fica na Lagoa, mais precisamente ali no corte do Cantagalo, quem é do Rio sabe de onde eu estou falando. Durante o Pan, não havia uma alma viva habitando esse local, na segunda-feira pós Pan os moradores da localidade voltaram ao lar. São vários e como aqui no Rio está mais para São Paulo com aquela chuva e frio, até mesmo um tipo de parede com papelão foi improvisada, além é claro do habitual lenço com algo que não sabemos o que é que fica sendo fungado (isso eu vi ontem a noite) provavlemente ajudando a disfarçar a fome, diminuindo o frio e dando uma onda já que não é dia de praia.

Como é um tipo de camping, até fogãozinho feito com lata velha tem, o que ajuda também a esquentar o ambiente.

Aos 30&Alguns estou tentando participar da forma que posso do “Queimando o Filme” proposto pelo Fernado do Cronicanet, mas tenho cuidado para não ser roubada, mal interpretada e ter minha identidade secreta descoberta … 😀

MUDA BRASIL!!!!!

Curta nossa página 😉

4 thoughts on “Leitores eu vi e vou queimar o filme

  1. Está aí uma idéia bem bolada. Imagino o que seja. Conheço muito essa área que passou. Aqui em Floripa tem um edificio da Encol que foi dominado por sem teto, é bizarro. (é o exemplo mais próximo pois aqui não tem tabnto viaduto assim para dormirem embaixo e o inverno aqui é frio como o inferno gelado de Dante)

    Rayol queima o filme e bota na internet pra gente ver…

  2. Ow sim! Lembro que você havia comentado no blog a respeito desses moradores e que eles haviam sido retirados dali por causa dos Jogos Panamericanos. Achei muito triste isso.
    Como o Ricardo falou, aqui em Florianópolis não existem muitos moradores de rua e nem muitos viadutos para eles se protegerem. Será que essa é a solução? Retirar os viadutos?
    hmmm… acho que não né…
    Abração!
    …[:)]…

    quando fiquei um mês no Chile e era julho fiquei no início espantadíssima por não ver pobre na rua, achava que eram do 3º mundo igual a nós (10 anos atrás), então tinha que ter pobre tb pelas ruas, mas não tem, porque se não morrem congelados …. será que a culpa aqui é do calor? 😀

  3. Curti muito a idéia, tinha lido a respeito não lembro onde… Eu costumava carregar a câmera – compacta – sempre na bolsa, até que ela foi roubada. Agora ficou um pouco difícil, não tenho cam no celular, e minha outra cam é muito “indiscreta” para sair carregando assim, eu não tenho coragem… =///

    no nosso país hoje em dia nem dá, é correr risco até mesmo de vida … 🙁

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn