Mais um dia que se vive

Apesar de estar indignada com tudo que está ocorrendo, também estou indignada comigo, com você, com o povo brasileiro, vemos as tragédias e reclamamos .. quem tem blog às vezes escreve sobre o assunto, quem não tem às vezes lê, mas nada é feito… foi João Hélio, foi Sirlei de Carvalho, em 1997 foi Galdino, em 1993 foi Candelária. Os crimes continuam ocorrendo, a gente lamenta e segue em frente, afinal não foi comigo, nem com você, nem com a minha família, nem com a sua.

Por outro lado, quando paro e penso, vejo que não há muito que a população possa fazer, nessa terra de Marlboro, onde quem deveria nos proteger, não protege, quem deveria zelar pelos cidadãos de bem, não o faz, quem deveria governar, não governa e a vida segue e a população (sobre)vive.

Quem me dera pudesse decretar feriado nacional, no qual todo cidadão indignado, seria obrigado a manifestar-se contra toda essa podridão que nos rodeia, todo cidadão brasileiro deveria sair as ruas, escolher o que mais lhe indigna e ficar durante 1 hora ao menos parado em frente ao local, vaiando, seria o feriado das vaias. Nesse dia ninguém iria a praia, ninguém iria ao shopping, iríamos nos organizar em frente aos fóruns, delegacias, palácios, planalto, etc … O Brasil iria parar e o único som que iria ecoar, seriam as vaias de todo brasileiro que se sente roubado, de todo brasileiro que se sente violentado dos seus direitos básicos.

Aos 30&Alguns só tenho a dizer, mais uma vez, que o Brasil não tem futuro.

Curta nossa página 😉

2 thoughts on “Mais um dia que se vive

  1. Pingback: 30 & Alguns » Blog Archive » Esses americanos tem cada uma….
  2. Pingback: Esses americanos tem cada uma…. | 30 e Alguns

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn