Manifestações contra o Pan (por essa eu não esperava…)

Hoje cedo quando começo a baixar meus emails, eis o que recebo:

“Para o Pan, bilhões.
Para os trabalhadores, tiros, remoções e retirada de direitos.
Enquanto bilhões são gastos nos Jogos Panamericanos, o povo não tem onde morar. Não tem emprego, saúde, educação e sofre pela violência cada dia maior. Nas vésperas do Pan, vivemos um aumento da criminalização da pobreza. Essa é a explicação do massacre que ocorreu no Complexo do Alemão.
Com a desculpa da segurança, as comunidades mais pobres do Rio são ocupadas militarmente. Sofrem com o Caveirão e se promove uma chacina da polícia contra os moradores.
O governo faz de tudo para construir a imagem de uma terra de faz-de-conta simbolizada por Cauê.
Neste mundo da ilusão tudo aparece ensolarado e feliz. Enquanto isso a violenta ação dos governos remove famílias, persegue ambulantes e moradores de rua, reprime os movimentos sociais que resistem a essas ações. Como se estivessem fazendo uma “limpeza social”.
Lula, Sérgio Cabral e César Maia já anunciaram que querem transformar essas mega-operações de repressão em modelo padrão de política de segurança.
Mais massacres já estão anunciados. Os próximos alvos são Maré, Mangueira, Rocinha, Jacarezinho, Providência. Portanto, não se trata de uma questão momentânea, mas sim de algo que temos que enfrentar a partir da organização de todas as forças populares. Não podemos continuar a contar cadáveres!
Saudamos os atletas e desportistas e toda a população
Saudamos os atletas e desportistas que participam dos Jogos. Mas queremos denunciar a invasão armada que sofrem nossas comunidades, o genocídio que ocorre por ocasião deste evento e o desvio e o inchaço de verbas. Em meio a uma série de irregularidades, os governos federal, estadual e municipal já gastaram cerca de R$ 5 bilhões com o Pan. É um valor quase 20 vezes superior ao que foi gasto, em média, nas edições anteriores!
Esses recursos poderiam financiar a construção de mais de 150 mil casas populares Poderiam ser investidos em áreas sociais, gerar mais empregos, melhorar a saúde e a educação. Enquanto os governos atacam os direitos dos trabalhadores, como a aposentadoria e o direito de greve, a maioria da população brasileira sofre. Sofre pelo aumento do desemprego, da fome e da miséria, que levam milhões ao desespero.
Queremos melhorar a vida para toda a população
Por tudo isso, organizamos um Ato Político Nacional, em 13 de julho, dia da abertura do Pan. Não se trata de um ato contra os Jogos, mas sim contra a lógica neoliberal que massacra milhares de famílias. É um ato de denúncia da violência, da chacina, da fome e da miséria. Contra a reforma da previdência, que dificulta ou inviabiliza a aposentadoria daqueles que dão os melhores anos de sua vida para construir este país. Contra todas as reformas que retiram os direitos dos trabalhadores e da juventude. Contra a política econômica do governo federal que privilegia o lucro de banqueiros, empresários e do agronegócio. Contra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que quer congelar por 10 anos os salários dos servidores federais.
Ato Nacional de Luta
13 de julho – 6ª f.
Concentração a partir das 11 horas, em frente à sede da Prefeitura (Av. Pres. Vargas).

Uma manifestação pela vida e pelos direitos dos trabalhadores
Esse Ato é de apoio às lutas e greves por melhores condições de vida, salário e trabalho.
É em apoio a todos os moradores de comunidades e ocupações que resistem às remoções e despejos.
É em apoio às lutas dos estudantes pelo passe livre e por uma educação pública e de qualidade.
É uma busca para unificar as lutas dos trabalhadores empregados e desempregados da cidade, do campo e da juventude.
Essa mobilização vai denunciar os escândalos de corrupção
que envolvem os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.
Vai denunciar que ao mesmo tempo em que o governo federal arrocha os salários, o presidente e os parlamentares reajustaram seus próprios salários em 29%.
Queremos deixar claro que a violência cresce no campo e na cidade, alimentada pela falta de saúde, de educação, de salário, emprego, terra e moradia. Enquanto isso não se faz Reforma Agrária, nem Reforma Urbana. Não há geração de emprego decente para o povo.
Manifestação dia 13 de julho
Por tudo isso convidamos todo o povo trabalhador a construir o Ato Nacional de Luta, no dia 13 de julho. Enquanto os poderosos gozam da satisfação de participar dos camarotes dos Jogos Pan-americanos, estaremos nas ruas do Rio, mostrando aos trabalhadores do mundo que resistimos aos violentos ataques do capitalismo.
Sabemos que só com a nossa unidade, com a continuidade da unificação de nossas lutas e mobilizações, poderemos construir uma saída dos trabalhadores para o nosso país.
Só nossa luta é capaz de garantir um melhor futuro e uma nova sociedade sem explorados e oprimidos.
Contra a violência policial e a criminalização da pobreza e dos movimentos sociais!
Contra as remoções e despejos!
Contra a reforma da previdência e todas as reformas que retiram direitos dos trabalhadores e da juventude!
Contra a política econômica do governo federal!
Pela unificação das greves, lutas e mobilizações na cidade e no campo!
Pelas reformas agrária e urbana!

ADUFF-SSind, ANDES-SN/RJ, ASSEMBLÉIA POPULAR, ASSIBGE-SN, Associação Nossa América, CEDAPS, CBLB, CMI/RJ, CMP, CONLUTAS, CONSELHO POPULAR, CUT/RJ, FASE RIO / FELRU (Fórum Estadual de Luta pela Reforma Urbana), FLP, Fundação Bento Rubião, GTNM, IBASE, Frente Contra Remoção e Pela Moradia Digna, INTERSINDICAL, JUSTIÇA GLOBAL, LS/Nós não vamos pagar nada, Lutarmada, Mandato Chico Alencar/PSOL, Mandato Eliomar Coelho/PSOL, Mandato Marcelo Freixo/PSOL, MNLM, Mov. Juv.Trabalhadora, Movimento Tamoio, MPL, MST, NAJUP-RJ, NPC, Núcleo Trab. Em Universidades/PSOL, PCB, PCdoB, PSTU, REDE CONTRA A VIOLÊNCIA, RENAJORP, .RENAP, SEPE, Sindsprev-RJ, SINTRASEF, SINTUFF, SINTUFRJ, SINTUPERJ, UJR, UMP ”

Aos 30&Alguns somente após receber esse email é que eu REALMENTE tentei me colocar no lugar da população menos favorecida da cidade que um dia já foi maravilhosa, imagina assistir diariamente reportagens falando sobre os gastos exorbitantes enquanto se vive em condições de pobreza e miséria, sem esperança de um futuro melhor, enquanto isso os governantes roubam descaradamente, o Senado é uma vergonha, o Congresso é uma vergonha e como sempre foi nessa colônia, o pobre cada vez mais pobre e o rico cada vez mais rico… lamentável…

Curta nossa página 😉

4 thoughts on “Manifestações contra o Pan (por essa eu não esperava…)

  1. Veridiana, concordo com o comentário do Fávio. E o mais irônico é que o governo federal foi quem mais bancou com verbas e apoio material a realização dos jogos. E o governo, até onde me consta, é do PT. E tem o apoio de quase todas estas instituições que assinaram este manifesto.
    Muito estranho!

    e no final nem vi nada falando se teve ou não, mas as vaias valeram , apesar das controvérsias ….

  2. Sabe, Veridiana? Esse não é o típico discurso que o PT fazia… antes de entrar no poder? O pior é que essas coisas não mudam!… 🙁

    lamentável como sempre

  3. Devo dizer q assim como algumas dessas instituições apoiaram o PT um dia, eu tbm acreditei, infelizmente, e estamos pagando um preço mto alto.
    É sabido q qdo se chega ao poder , todas as promessas q foram feitas, já não tem mais nenhum interesse em q sejam cumpridas, p/q é a hora de acumular dinheiro e muuuuuittttooooooo dinheiro.
    Pra eles o pobre sempre foi pobre e não precisa sair dessa condição… o rico sempre foi rico e eles querem essas pessoas ao lado pra se sentirem como tal…
    e a classe q um dia já foi MÉDIA, como dizia um personagem do Chico Anizio, querem mais é q se EXPLODA.
    infelizmente essa é a realidade q vivemos, mas eu tenho esperança…ainda… q um dia isso vai mudar!…

    é bom que ainda há esperança, mas é bem verdade a classe média está cada vez mais classe pobre alta …

  4. E por que o PT se corrompeu devemos perder as esperanças? Devemos nos indignar mais… e continuar a protestar!

    O Povo nao tem outra maneira de ser ouvido!

    temos que colocar a boca no trombone …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn