Motorista-Cobrador

Desde quando li a matéria a respeito do motorista-cobrador que atropelou cinco ciclistas em Jacarepaguá no Rio de Janeiro ao dirigir e tentar dar o troco para os passageiros e começou a discussão sobre o problema de motorista ser também cobrador, eu estava para escrever a respeito, mas somente nas duas últimas semanas eu tive a oportunidade de andar nesse tipo de ônibus.

Ao entrar no ônibus cujo motorista também era o cobrador, me lembrei da primeira vez que peguei, ou melhor, tentei pegar um ônibus em Nova Iorque, digo tentei, pois após esperar alguns minutos (lônibus geralmente passa no horário estipulado), quando chegou, não pude seguir viagem por não ter moedas, ônibus lá é pago apenas com Metrocard (cartão de metrô) ou moedas, pois você coloca as moedas em uma máquina que libera a roleta.

Aqui ainda temos que dar o dinheiro para o motorista que tem que nos dar o troco, não vejo problema algum, apesar de ter visto uma boa quantidade de passageiros fazendo caras e bocas ao entrar no ônibus. O único problema que vejo é quando o motorista não é responsável o suficiente e resolve dirigir, dar o troco, assobiar e chupar cana.

Aos 30&Alguns vejo que em várias situações tudo o que basta é um pouco de bom senso.

Curta nossa página 😉

11 thoughts on “Motorista-Cobrador

  1. O que as “autoridades” alegam é que o Riocard já está bastante difundido e todos os idosos e estudantes já tem as suas carteiras. Assim, o motorista não teria tanto trabalho (?!?)
    Nós sabemos que não é bem assim….
    Acho que a passagem poderia ser vendida avulsa, em bancas de jornais, por exemplo. Em Amsterdam funciona assim e você pode comprar uma ou várias passagens.
    Pessoalmente acho que caminhamos para a extinção da figura do cobrador… mas espero que isso aconteça sem prejudicar a população, que é quem sustenta esse serviço.
    Um beijo.

    Um coisa eu tenho notado, a maioria das pessoas que pelo menos pegam o mesmo ônibus que eu utilizo geralmente para trabalhar, utilizam o Riocard, talvez por isso, muitas vezes quando dois ou mais passageiros pagam com uma nota de R$10 o trocador não tem troco, espero também que essa mudança de motorista-trocador seja feita sensatamente e que a população não seja penalizada nem atropelada por causa de uma imprudência… bj

  2. Oi !

    Ando muito nesses tipos de ônibus, entre Niterói e Rio tem muitos. Não podemos por a culpa no motorista, é mais complexo…

    As empresas de ônibus fazem inúmeras exigências complicadas dos motoristas, como horários, volume de passageiros, entre outras coisas. Além de muitas situações em que o passageiro é pego fora do ponto (e se não for pego reclama do motorista).

    Para começar, o trocador não deveria ter sido eliminado, especialmente porque foi eliminado para aumentar os ganhos das empresas de ônibus.

    []’s

    (eu, ameba, consegui colocar o comentário no post errado… )

    Dennes não vejo nada de complexo em dirigir, nem nada de complexo em dar o troco, totalmente irresponsável dirigir e dar o troco … mas concordo com você que as exigências que eu ouço falar que ocorrem (não posso afirmar pois não sou amiga de nenhum cobrador ou motorista) são sérias e se forem verídicas, talvez seja por isso que os motoristas param em fila dupla, largam as pessoas no ponto, ultrapassam sinal fechado, e assim por diante e como a maioria do povo brasileiro, ao invés de se unirem e lutar por condições dignas, optam pelo errado e continuam com seus salários, continuamos na colônia … []s

  3. Isso é um abuso!!! Os empresários querem cada vez mais explorar o trabalhador; o sindicato tá levando o dele e não tá nem aí para o coitado do motorista que acorda 4:00 hrs da madruga, para começar a rodar às 5:15 hrs (ônibus lotado!).
    No mais as empresas de ônibus funcionam como senzalas, os motoristas que não fazem a famosa “DOBRA” ( carga horária de mais 2 viagens, além do horário/ se transformam em um verdadeiro martírio, pois num trânsito caótico como SP,RJ e BH pode se transformar em mais 4 hrs de trabalho), são denunciados pelo Capitão do Mato (fiscal/despachante), aí meu amigo é rua na certa!!!
    Um trabalhador que sai de casa 4:30 hrs da madruga de casa e só volta ao seu lar (sem almoço/um salgadinho aqui outro acolá, nas paradas finais)entre 17:00 à 18:00hrs, que ganha em média $900,00 reais; ainda tem que trabalhar por dois (cobrador)!!!
    Isto é uma vergonha!!! Por isso o grande nº de acidentes, homens fadigados de uma jornada de trabalho, mais o estresse do transito, mais problemas do cotidiano (família/contas para pagar:aluguel, escola dos filhos,compras, luz, água, gás e etc…)!!!
    O Brasil é um país de hipócritas! a começar por seu presidente!!!
    Aí me vem um desses e diz que não vê nada de complexo em dirigir e ter que dar o troco!!! Ele não sabe porque o apelido dos rodoviários é LEÃO!!!

    Lutar por condições dignas??? Vc acha que contra a altivez desses intolerantes empresários do ramo do transporte pode haver diálogo?

    É fácil apontar para o erro desses injustiçados, o díficil e ser um deles!!!

    Brasil uma nação sem-justiça!!!

  4. oi sou passageiro de onibus no rio a bastante tempo, e agora não entendo o tamanho do descaso das autoridades com essa dupla função, sempre pego o onibus 415 e quando ele não passar pela esquerda ele para no ponto esta sempre de mal humor ou estressado, e sempre sai com o onibus dando troco, e fiquei sabendo tambem que motorista pleno estão sendo obrigado a dirijir os micro que são onibus grande e do mesmo tamanho de onibus com cobrador, gostaria de saber ate quando as pessoas vão aceitar e os motorista tambem essa situação.. não temos leis nesse brasil!!!

  5. alexandre » realmente é um absurdo o motorista dirigir dando o troco aos passageiros, já que ele está exercendo duas funções o mínimo que tem que ter é atenção ao dirigir e assim como não podemos, nem devemos falar ao celular e dirigir ao meu ver é a mesma coisa dirigir e dar o troco ao mesmo tempo, fica inviável prestar atenção necessária.

  6. Os motoristas/cobradores, são funcionários em potencial de risco de acidente, quando, precisam condizir o onibus e receber o dinheiro e dar troco.

    Existe alguma legislação que proibe tal cumulação, principalmente na legislação trabalhista, convenções coletivas, sindicais e Delegacia Regional do Trabalho.
    grato.

  7. Rosalia Barboza » não sei se existe, mas mesmo sendo ilegal ou não exercer a função, o pior de tudo é dar o troco com o veículo em movimento…

  8. É… a turma que tem deixado os comentários está bem centrada no assunto.
    Quero acrescentar que isso ocorre (motorista/trocador), porque, as autoridades de transporte e trânsito, vão ao exterior ver as novidades que lá são praticada e depois as copiam de forma capenga para o país tupiniquim.
    Antes de copiar, por copiar, deveriam avaliar a situação brasileira para saber se o que é lá praticaoo, aqui também servem.
    Nos países do primeiro mundo, os salários são altos então são obrigados a ter apenas um funcionário no ônibus, mas aqui que o salário é irrisório, não se justifica tal fato.
    Por outro lado lá os passageiros que também são de primeiro mundo, seguem as regras a risca, e só embarcam se possuirem o bilhete correto, para a linha que estão usando.

  9. faser comentarios de que omotorista ta estressado é mole para os passageiros quero ver acorda todo dia 3 50 da manhã entra na linha 5 horas trabalhar com um onibbus com 44 lugares sentados e mas uns 35 em pé o onibus tinha cobrador na ttraseira agora é la na frente eu dirijo e cobro a roleta não é eletrõnica e põr a mão pra tras e confirma mas de 250 gratuidades por dia com um total de 500 a 600 passageiros por dia com um carro que num te dar codições de trabalho é revoltante isso a categoria esta desunida e população cretica muito as autoridades tem que ver isso não dar mas pra continuar assim so os empressarios ganham com isso e jogam passageiros comtra motorista a cobrança é grande autoridades olhem mas para são gonçalo e niteroi somos todos pais de familia trabalhadores não escravos gostaria de saber mas sobre as leis do trabalho e se estar serto o que os patrões fasem,que nois trabalhemos com a dupra fução.

  10. ESSA HISTORIA DE QUE A MAIORIA DAS PESSOAS USA RIOCARD E UMA VERDADEIRA MENTIRA POIS SOU MOTORISTA DE MICRO-ONIBUS E APENAS 30 PORCENTO USA RIOCARD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn