Na vitrola lá de casa: Elis Regina – O bêbado e o Equilibrista

Toda quarta irei mostrar para vocês as músicas que rolavam na vitrola lá na casas dos meus pais enquanto eu crescia… música é fundamental na vida de qualquer pessoa, pelo menos sempre foi parte da minha vida…

Caía a tarde feito um viaduto
E um bêbado trajando luto me lembrou Carlitos
A lua tal qual a dona do bordel

Pedia a cada estrela fria um brilho de a…lu…guel
E nuvens lá no mata-borrão do céu
Chupavam manchas torturadas, que sufoco louco
O bêbado com chapéu coco fazia irreverências mil
Prá noite do Bra…sil, meu Brasil
Que sonha com a volta do irmão do Henfil
Com tanta gente que partiu num rabo de foguete

Chora a nossa pátria mãe gentil
Choram marias e clarisses no solo do Brasil
Mas sei que uma dor assim pungente não há de ser inutilmente
A espe…rança dança na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha pode se ma…chu…car
Azar, a esperança equilibrista
Sabe que o show de todo artista
tem que continuar

Aos 30&Alguns agradeço meus pais por terem me apresentado a cantores/intérpretes maravilhosos dos mais variados estilos musicais.

Curta nossa página 😉

5 thoughts on “Na vitrola lá de casa: Elis Regina – O bêbado e o Equilibrista

  1. Adoro essa música, e a interpretação de Elis é a definitiva para ela. Sempre que assisto esse clip, rolam umas lágrimas de emoção, tamanho o efeito não só da beleza da Elis e de sua voz, mas da emoção na interpretação.

  2. Engraçado, a casa dos meus pais devia ser uma das raras no Brasil que não tocava Elis na virada de 1970-80… descobri-a depois, no final dos anos 1980 e não teve a mesma mágica.
    Gostei das suas quartas musicais e nostálgicas. 😉

  3. Eu tbm cresci escutando exelentes musicas, meus pais tinham um gosto musical muito apurado, além do meu pai ser músico.
    Eles tinham uma coleção de discos invejável, e a rádio preferida era Eldorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn