Notícias do Japão

O Governo japonês está convocando a população a repensar sobre atitudes suicídas, num esforço de desatar séculos de pressão social e tradição. A prática, do suicídio leva mais de 90 japoneses diariamente e segundo o governo não deve mais ser vista como “uma maneira honrada de morrer” mas como um ato de desespero e talvez de evitar a miséria.

O Governo publicou uma cartilha contrária ao suicídio, que inclui um plano de nove passos para transformar a maneira como é considerado e tratado. As medidas incluem treinamento de mais conselheiros e assistência via telefone.A cartilha tenta informar mais sobre as causas que levam ao suicídio, sinais de uma tentativa iminente. Ainda mostra que segunda-feira é o dia mais possível para ocorre o suicídio.

As fontes de governo contaram a The Times que o documento pode ser visto como evidência que depois de décadas de inércia, o Japão finalmente começou a ficar envergonhado com o índice de suicídio extraordinariamente alto, (9º lugar no mundo). O governo espera reduzir o índice atual de aproximadamente 32.000 suicídios por ano em 20% na próxima década.

fonte: Digg e Times Online

2 comentários

  1. É terrível os indices de suicídio no Japão! Já era tempo do Governo tomar uma atitude. Morrer pela honra não existe…se matam se rodam na faculdade, se não tem um bom emprego…cultura difícil de entender!
    beijos 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.