Pousada

Lençóis de listras na cama de madeira

Na pousada que pousa na cidade

Onde o céu ora é azul, ora é estrelado

Estrelas que vagam sobre o céu

Na imensidão da noite

Que passa de algumas horas

Seguidas na mesa de um bar

Pé sujo ou não

Dependendo do calçado que se usa

De uma música agitada sobre a luz

Não mais das estrelas

Mas das cores do arco-íris pisca-pisca

Aos 30&Alguns encontrei esse poema que escrevi no dia 06/06/1996 em Búzios – Rio de Janeiro 🙂

Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn