Recordando aos 30&Alguns: brinquedos que adorava

Hoje em dia vejo os brinquedos e tem vários que caso eu fosse criança, gostaria de ter, mas também tive muitos brinquedos legais, que eu adorava, resolvi listar os meus preferidos.bonecos

Adorava bonecas, sonhava que quando crescesse teria cinco filhos, então eu tinha uma boneca meu bebê que era a Elizabeth, um boneco meu bebê que era o Luís Felipe, uma boneca bebezinho que era a Ágatha, uma boneca mimadinha que era a Daniela e o Peposo.jogos

Em uma casa com três crianças, o que não faltavam eram jogos, mas aqui vou falar dos meus jogos e os que ganhei e mais gostava eram o Jogo da Vida, Cara-a-Cara, Banco Imobiliário e Blefe de Mestre. Gostava muito também de jogar War, Can Can e Uno, mas esses jogos eram dos meus irmãos.barbieface-barbiehair

Tinha a Barbie Face com sua maquiagem e a Barbie Hair, e devo admitir que era “uó” quando a gente resolvia colocar o “aparelho” de pentear a Barbie Hair no próprio cabelo ou no cabelo de uma amiguinha 🙂pular-corda-amarelinha-elastico

Adorava pular amarelinha, corda e elástico … passa anel … assim como fazer aquelas brincadeiras com aquelas musiquinhas:

  • “Adoleta, le petit petit polá, le café com chocolat, adoleta”;
  • “lá em cima do piano, tem um copo de veneno, quem bebeu morreu, o azar foi seu”;
  • “Coca-cola um sorriso, pra repartir, pra refrescar, pra gente curtir, pra se soltar; Coca-cola um sorriso, sorrir é tão bom que eu quero ver você sorrindo comigo, coca-cola dá mais vida, coca-cola um sorriso”;
  • “O trem maluco quando sai de Pernambuco, vai fazendo xique xique até chegar no Ceará, rebola pai, mãe, filho eu também sou da família também quero rebolar, um pouquinho de coca-cola, um pouquinho de Guaraná, minha mãe me botou na escola pra aprender o be-a-bá, a danada da professora me ensinou a namorar, 7 e 7 são 14 com mais 7 21, tenho 7 namorados mas não gosto de nenhum”;
  • “quando eu era nenem, nenem, nenem, eu era assim, eu era assim, quando eu era criança, criança, criança, eu era assim, eu era assim, quando eu era mocinha, mocinha, mocinha, eu era assim, eu era assim, quando eu era mamãe, mamãe, mamãe, eu era assim, eu era assim, quando eu era vovó, vovó, vovó, eu era assim, eu era assim…”;
  • “nós 4, eu com ela, eu sem ela, nós por cima, nós por baixo”;
  • “lenga lá lenga, lagucha lá goê, lagucha lá em gô-gô, lagucha lá goê, lagucha lá em mamâ, lagucha lá goê, lagucha lá em pápas, lagucha lá goê”;

Além dos clássicos:

  • pega-pega;
  • barra manteiga (barra manteiga na fuça da nêga…);
  • balança caixão (balança caixão, balança você, dá um tapa na bunda e vai se esconder);
  • dois-ou-um;
  • jó-ken-pô (jó-ken-pô, pô, pô…);
  • bolinha de gude;
  • atari;
  • playmobil
  • escravos de jó (escravos de Jó jogavam caxangá, tira, põe, deixa ficar, guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá. guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá)

Ah, também adorava cantar músicas de propagandas:

  • “Roda, roda, roda o baleiro , atenção, quando o baleiro parar põe a mão, pegue a bala mais gostosa do planeta, não deixe que a sorte se intrometa, bala de leite Kids,a melhor bala que há, bala de leite Kids ,
    quando o baleiro paraaaar!”;
  • “Depois de um sono bom, a gente levanta,toma aquele banho, escova os dentinhos, na hora de tomar café, é o Café Seleto, que a mamãe prepara, com todo carinho, Café Seleto tem, sabor delicioso, cafezinho gostoso! É o Café Seleto, Café Seleto”; (gente criança tomava café?)
  • “Cre, cremo, cremo, Cremogema, é a coisa mais gostosa desse mundo, eu esqueço a boneca, eu esqueço a minha bola quando como como como como como Cremogema” ;
  • “Apanho o sabonete, pego uma canção e vou cantando sorridente, duchas Corona, um banho de alegria, um mundo de água quente” ;
  • “Já é hora de dormir,não espere a mamãe mandar, um bom sono pra você e um alegre despertar” ;

E você, do que gostava de brincar?

4 comentários

  1. Veri,

    Vc deve saber que fomos criadas 1/3 na roça, 1/3 em cidade pequena e 1/3 numa praia, que na época era de luxo… então, teve de tudo um pouco…

    Muitos bichos de estimação, de galinha (Suzana e Carlota Joaquina) a cavalos (Biju, Tonto, Pampinha), passando pela minha amada gata Mida.

    A bicicleta era um item onipresente, descansando apenas nas férias de verão onde era descaradamente trocada por uma AussieII amarela.

    No dia a dia, eu amava brincar de Barbie e de boneca (mãe e filha).

    Pra Barbies, eu montava a casa no chão do quarto com as paredes feitas com aquelas pastas de papel da escola (sabe aquelas de guardar o papal almaço, com uma presilha meio dourada?) e costurava as roupas eu mesma, com retalhos da confecção da minha mãe…

    De boneca, eu tinha a Cheirinho, Meu Bebê, e uma boneca que tinha o cabelo de lã e vinha com a certidão de nascimento, dessas eu tinha uma maior e outra menor, não era a Repolhinho… E também, não posso esquecer o ultimo brinquedo que ganhei: UMA BONECA XUXA! Aquela enorme mesmo, com corpo de pano rosa choque e roupa branca de vinil! Brinquei horrores com ela, minha filha mais velha.

    Mas me lembro sempre de um brinquedo que eu tinha quando era bem pequena, acho que minha irmã nem era nascida: Cogumelo Mundo feliz. Eu adorava esse brinquedo e nunca conheci ninguém mais que tinha… achava até que era uma lenda… coisa da minha imaginção, mas outro dia vi fotos na internet e descobri o nome, fiquei muito feliz!

    E também brincava muito de cabaninha… montavamos cabanas incriveis, tanto dentro, quanto fora de casa, com lençóis, cobertores, varais. Meu sonho era passar a noite numa delas! Até que meus pais e os da Laura resolveram montar uma barraca de verdade na fazenda pra gente dormir, foi uma emoção! Ah, na fazenda não tinha luz, então a gente brincava muito com vela e fósforo… Cada criança tinha seu próprio canivete. Eu almejava um igual ao do meu pai, que abria a lamina quando vc apertava um botão! Até hj, tenho na sala, um cajado que “esculpi” com o meu canivete nessa época.

    Das brincadeiras de rua, além de corda, elástico (que eu, de pernas curtas, não era muito boa a partir de certa altura) e caracol (tipo de amarelinha), eu brincava muito de Loja de fitas e passa anel.

    Lojas de fitas era assim: cada menina era uma cor, uma era a vendedora e outra era a compradora, que chegava na loja e ia pedindo fitas de tal cor, se fosse alguma que alguém tinha escolhido, ela “comprava” se não, tinha que voltar e pedir outra…

    Passa anel era aquela nojenta que o pobre do Cheira-cheira tinha que cheirar todas as mãos pra descobrir em qual estava o anel.

    Eu brincava muito de comidinha também, sempre no jardim com planas e terra. As vezes a gente pegava um chuchu no jardim e minha mãe emprestava uma panela e a gente fazia uma fogueirinha no jardim pra cozinhar, ficava uma merda, com gosto de nada, mas a gente comia assim mesmo…

    A parte glamourosa, ficava por conta dos artistas que vinham fazer shows no Brasil e que depois iam pra Geribá (nossa praia) ficar de bobeira!

    Olhando pra trás, lembro de um verão onde um garoto chatinho e meio nerd que era filho de um amigo dos nossos pais (meus e da Lau) que eles tentaram enfiar na nossa patota pois tinha vindo dos EUA passar as férias com o pai, que era o John Casablancas e não tinha com que brincar… A gente achava um saco ter que aturar ele. Pela idade eu acho que era o Julian, dos Strokes! Viagem né?

  2. Nossa, meu comentário ficou maior que seu post! Que falta de educação! Desculpe!
    bjs

  3. Vinha adorei, e lembrei de várias outras coisas que fazíamos, lembrei de quando ganhei uma barraca da turma da Mônica e o padrinho da minha irmã resolveu entrar nela em uma festa, com + de 1,80m ele detonou a barraca e nós ficamos arrasados …. hehehehe …. tb brincávamos de vender perfume, pegávamos alcool e talco, misturava e colocávamos em frascos de neutrox, uma vez uma vizinha tentou comprar e minha mãe descobriu e proibiu a brincadeira …. hahaha ….

  4. Sobre esta musiquinha da Coca-Cola (Coca-cola e um sorriso, prá repartir, prá se refrescar…), tinha um comercial lá pelos anos 80 em que ela aparecia. Será que alguém sabe onde encontrar esse vídeo? Obrigada pela ajuda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.