Penso na quantidade de pessoas que cruzam nossos caminhos, nosso dia a dia, nossa vida seja por um breve período,  por um determinado tempo/momento ou “para sempre”. Penso nos amigos que tive e que por um tempo foram verdadeiramente meus amigos e que hoje mal conheço ou reconheço. Aqueles quecontinue lendo

O amor não morre porque um dos parceiros fez uma grosseria com outro. O amor morre quando repetidas vezes grosserias são feitas em um relacionamento. O amor não morre porque uma vez um dos dois se sentiu ignorado ou rejeitado. O amor morre quando várias vezes alguém se sente ignoradocontinue lendo

Apenas após ser sentenciada com o Silêncio, descobri que algumas outras formas deste existem. Provavelmente, muitas outras desdobraduras a partir daí, mas agora, quando ouço uma música, passo a escutar muito mais que outrora, não mais ouço apenas suas notas, e sim o silêncio entre elas; quando leio um livro,continue lendo