A conversão religiosa

A idade acaba trazendo certa maturidade e entendimento de fatos antes desconhecidos. Quando era mais nova, achava à coisa mais estranha as pessoas que frequentavam essas igrejas evangélicas com fiéis fervorosos, que doavam o dízimo, idolatravam o pastor e achava, assim como grande parte das pessoas, que eram igrejas que apenas se aproveitavam do desespero das pessoas.
Hoje em dia vejo a situação com outros olhos, provavelmente por ter conhecido pessoas que viveram uma vida desregrada, que se perderam no caminho, caíram no vício, atingiram o fundo do poço e conseguiram retornar e viver certa normalidade graças a essas igrejas tão julgadas por muitos.
Um fator em comum que notei em todas essas pessoas, é à vontade, necessidade pungente de bradar aos quatro ventos sobre as boas novas, sobre a sua conversão, sobre as maravilhas do Senhor e acho que esse é um dos fatos também que fazem com que muitos continuem olhando para essas igrejas e para esses fiéis convertidos com certo desdém.
Aos 30&Alguns tento entender o motivo da pregação fervorosa, quem não gostaria de contar para todos algo muito importante que tenha acontecido e mudado os rumos de sua vida?
Temos é que ter mais compaixão, mais paciência,com a conversão religiosa,  mesmo com aqueles que talvez não o tenham para conosco, é difícil? Com certeza, mas se não tentarmos, continuaremos a julgar sem nem mesmo saber realmente o que estamos julgando.

Curta nossa página 😉

8 thoughts on “A conversão religiosa

    1. Vinha achei bem legal a palestra, ideal para muitas pessoas que conheço, para muitos ateístas 2.0, mas eu acredito em religião e respeito muito quem não acredita ou acredita em outras crenças diferentes das minhas 🙂

  1. Querida, saao tantas coisas que soo compreedemos com o passar do tempo…
    Mas vocee tem razaao. – Soo que temos que entender que que cada pastor para cada classe de pessoas. Haa uma classe epecial para vocee. Gostei ler de ti. Felicidade!

  2. Veri, conheço várias histórias de conversão. Conheço muitas pessoas que mudaram a trajetória de vida com base no estudo do evangelho e da comunhão em comunidades evangélicas, espiritas, TJ e Comunidades de Base.

    A religião, é um auxilio fantástico para muitas pessoas. Dá sentido e orientação moral, ética, emocional e espiritual.

    1. concordo, a religião realmente é um auxílio fantástico para certas pessoas e é triste que muitas pessoas confundam quando a religião ajuda e quando quem a segue, na verdade não entende o que ela prega.

  3. Tive um amigo q se converteu na igreja evangélica assistindo programas de televisão. Bebia demais da conta e com sua conversão passou a ser um homem de bem e falar do evangelho c/tanta naturalidade q eu passava longos tempos o escutando falar principalmente de Isaías.
    Sua mulher , minha amiga de infância é católica fervorosa , e ambos conviviam bem c/as diferenças.
    Infelizmente eu não tenho mais o prazer de compartilhar dessa amizade, pois ele já partiu pra casa do Pai.

    1. acho isso muito legal, as pessoas conseguirem conviver, respeitando a crença do outro, principalmente aquilo que faz bem para o outro, que o ajuda a crescer como ser humano e o faz mais feliz, vivendo uma vida menos dura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn