Blogagem Coletiva: Ana Virgínia Moraes Sardinha

Eu já havia feito um texto no dia 26 de setembro, informando sobre o caso da “Ana Virginia Moraes Sardinha , brasileira, solteira, administradora de empresa, moradora de Salvador, nestá encarcerada desde o dia 05/07/2007 no Estabelecimento Penal de Tires, sob a acusação de ter contribuído para a morte do filho, Leonardo Brittes Sardinha, 06 anos.”

Abaixo vídeo da passeata que ocorreu em Salvador e que foi matéria na Rede Globo.

Alguns links para quem quiser acompanhar o caso e saber o que está se passando:
Família de baiana presa em Portugal luta pela extradição – Correio da Bahia
Advogada diz que brasileira sofreu tortura em prisão de Portugal – O Dia
Passeata pede liberdade de baiana – A tarde OnLine
Brasileira não foi torturada, diz governo português – O Globo
Manifesto pela justiça – Correio da Bahia
Família acusa Portugal de torturar brasileira detida – SBC Notícias
Brasileira fica em hospital – O Dia

Você ainda pode participar assinando a Petição Online

Outros vídeos e matérias de telejornais:
Justiça Para Ana Virginia Sardinha – Jornal da Record
Justiça Para Ana Virginia Sardinha – Programa Hoje em Dia
Ana Virginia Sardinha e Leonardo Brittes Sardinha Santos

Hoje ocorre a blogagem coletiva coordenada pela Lucy, Luma e Ronald, em nome de Ana Virgínia, pedindo que o governo português e brasileiro resolvam esse impasse e que a justiça seja feita.

Curta nossa página 😉

10 thoughts on “Blogagem Coletiva: Ana Virgínia Moraes Sardinha

  1. Mas antes de toda essa cobertura “por cima” da imprensa, foi atraves dos blogs que conheci o caso…
    Tomara que essa blogagem resulte em alguma coisa positiva para Ana Virginia…
    Parabéns por participar..
    Um beijo

    Eu tb fiquei sabendo através dos blogs e até tinha feito um post um tempo atrás… bj

  2. Veridiana, só de falar com a irmã da Ana Virginia, ao telefone, eu já me desmancho em lágrimas. Fico com taquicardia e desesperada. Eu nem quero pensar no que essa moça viveu e vive. Senão fico pirada. Mas, agora, chegou a hora do Governo Brasileiro se mexer. Vamos torcer que a blogagem faça mais alarde do que ja fizemos.beijos e dias felizes (se é que podemos, por que é tanta tragédia nessa vida que tem horas que entendo o porquê do desespero de muita gente)

    É muito triste, lamentável e a verdade é que a gente não faz a mínima idéia do dia de amanhã, como uma vida pode mudar tanto .. bjs

  3. Parabéns pela participação e divulgação do caso. Veridiana, estamos todos torcendo para que uma cidadã brasileira seja auxiliada com medidas eficazes pelo governo brasileiro, coisa que, ao que parece, ainda não aconteceu tal qual deveria.

  4. O que mais me revolta é ver o descaso do governo brasileiro para com os “filhos da pátria”,
    com os jogadores de Cuba tratou rapidinho de mandar embora, mas qdo se trata de trazer de volta um brasileiro não existe pressa alguma.
    Tenho certeza que a blogagem coletiva vai surtir mto mais efeito…
    bjus

    oi querida, concordo plenamente com vc… bjs

  5. Ronald, Luci e Luma foram fantásticos promovendo esta blogagem! Quando o governo é omisso temos que nos mexer!! Perfeita tua abordagem!
    abraços

    Não podia ficar de fora dessa iniciativa, obrigada pela visita… abs

  6. Oi Veri:

    Realmente um absurdo! Acho que o governo deveria pressionar mais por uma solução.

    Ótimo post.

    beijos querida e boa semana,

    tb acho, bjs querida

  7. Bom apanhado, Veridiana. Vamos torcer para que o Itamaraty resolva acordar!
    Um beijo.

    Espero que algo seja feito, me parte o coração imaginar a situação dela…

  8. Veridiana, se a pressão se manter constante, os governos terão que tirar a bunda das cadeiras, não acha? Se Portugal diz que não torturou, estamos dizendo que Ana Virgínia é inocente! Queremos provas ao contrário! Até hoje não anexaram ao “Processo” – nem sei se esse é o nome que dão lá ou somente um boletim de ocorrência, feita as custas de palavras de bombeiros que não souberam administrar os primeiros socorros – o laudo da péricia dizendo a causa mortis de Leonardo Brittes – Eles não têm nem isso!
    Se o Estado Português não tem responsabilidade pela vida de uma compatriota em solo português, será o Estado Brasileiro responsável por cidadãos de outras terras? Lullinha intercedeu no caso dos cubanos e a quem iremos recorrer? Só falta o Papa! Taí tive uma boa idéia! 🙂 Obrigada pela divulgação e participação! Beijus

    Luma, vc sabe que pode contar sempre com o meu apoio, parabéns pela iniciativa (Luci, Ronald e vc). bjs

  9. Foi realmente uma ótima iniciativa, tomara q tenha um resultado breve e positivo para esse caso tão triste.
    Bjk

    já começou a dar alguns resultados, irei publicar… vou passar lá no seu blog para conhecer … bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn