Como tudo começou e onde está…

Quando comecei o blog em fevereiro de 2006, tinha acabado de retornar para Terra Brasilis e assim como só quem já viveu um bom tempo fora, sabe, que a volta é maravilhosa e ao mesmo tempo extremamente estranha e tudo que já havia sido tão comum a sua vida e depois tornou-se tão distante, retorna a ser normal e fazer parte do  dia-a-dia e tudo que tempos atrás passou a tornar-se parte do seu dia-a-dia torna-se tão distante e foi então em meio a todos esses sentimentos que resolvi compartilhar meus pensamentos nesse espaço.

Sendo assim, algo que começou totalmente descompromissado, até comigo mesma, que não via motivo para escrever diariamente se não tivesse nada de novo para contar ou para botar para fora, com o passar do tempo tornou-se algo em que as vezes a falta da atualização diária me incomodava e outras vezes pessoas queridas que acompanham o blog me escreviam e perguntavam quando iria atualizá-lo.

Desde que comecei a escrever, já passei por várias fases e o objetivo que acabei tentando criar com o blog, de certa forma foi e está sendo alcançado, não é dinheiro, patrocinador, nem uma quantidade desvairada de leitores, o objetivo maior é poder no futuro “ver” as mudanças que ocorreram na Veridiana, o que pensava, o que vivia, o que sentia, entre tantas outras coisas e isso ao reler o blog, consigo encontrar e me achar, mesmo estando distante em alguns aspectos do que já fui e escrevi e outras vezes me aproximando do que fui e sou e dos pontos que sei que não vou mudar.

As coisas acontecem, a nossa vida anda, segue caminhos e a vontade e necessidade diária de escrever meio que se perde nas mudanças da vida e isso acabou me incomodando.

Já fazia tanto tempo que não surgia um texto tão pessoal assim, como escrevia quando iniciei em 2006, todos os textos eram extremamentes pessoais e hoje resolvi reaparecer no meu espaço e reler partes da minha vida compartilhada.

Ao reler novamente muitos textos, fiquei cá com meus botões pensando em vários blogueiros, amigos, conhecidos e desconhecidos que passaram por aqui, que visitavam e comentavam os posts e lembrei que eu já fiz o mesmo e agora, com os projetos, com a vida e a levada de tudo, não tenho tido tempo de comentar em muitos blogs como comentava antes e acho que a criação do post “Meu Google Reader” é uma forma de mostrar que estou passando por lá, apesar de não estar comentando.

Nessa de fazer a retrospectiva do blog e de mim mesma, acabei separando um texto por mês desda criação do 30&Alguns, são textos pessoais, que ao reler me fizeram recordar do momento exato em que escrevi e das situações que vivi. Textos que não são necessariamente os melhores em nada, com certeza tem textos melhores do que muitos que separei… e nessa, não poderia deixar de começar a lista com o início desse blog:

Aos 30&Alguns devo admitir que com essa restrospectiva li textos que gostei, textos que atualmente não iria inserir no blog, mas relembrei principalmente dos momentos agradáveis em que sentei em frente ao computador e resolvi compartilhar algo com o mundo.

7 comentários

  1. Veri,

    puxa essa retrospectiva vai ser leitura para bastante tempo! É bom ler a Veri por aqui, contando um pouco sobre ela, sobre seus posts 🙂 Eu gosto!
    As vezes com a correria dos dias, não conseguimos mesmo comentar… Mas tu consegue se fazer presente sempre! 🙂
    Beijos menina

  2. E vim aqui para reler “Maysa e Baby”. Veri, você tem um tesouro pessoal de grande valia: traz no sangue um pouco dessa Era de Ouro da Música.
    Eu era bem menino e lembro das pessoas falarem em Maysa Matarazzo e suas músicas. Não era como agora, que a imprensa busca nos artistas, bem mais o sensacionalismos extra arte, as picuinhas da vida pessoal e seus barracos.
    O maior escândalo, bem lembro, era o fato de preferir ser uma desquitada para poder levar sua música adiante, que ser casada com um milionário.

  3. Very Well,

    Sou fã do 30 & Alguns desde que lançou, sou sua fã desde que te conheci…
    Este blog, me faz sentir mais perto de vc, já moramos em cidades diferentes muitas vezes, já moramos pertinho uma da outra, mas com vidas tão corridas que nos víamos tão pouco, e parecia que não estávamos na mesma cidade, mas nunca deixamos de nos falar semanalmente!
    Agora mais uma vez longe, te agradeço por este blog, pois ele sempre me dá um insight da sua vida, me deixa mais perto de vc somehow; e muitas vezes ´grounds´ me da mesma forma que vc sempre faz!!!

    Muito obrigada minha irmã! Que os 30 & Alguns continue sempre nos trazendo noticias, alegrias, que nos faça pensar na vida… e que um dia se torne 40, 50, 60, 70, 80, 90 & alguns…

    Te amo! Bjs

  4. Veri,
    Refazer a leitura dos posts é muito revelador.É como se voltássemos no tempo e revivêssemos momentos especiais, tensos, alegres ou tristes. E constatamos nossa mudança de pensamento, de atitudes , ou a reafirmação deles.
    Um ano abençoado pra ti, minha linda!
    beijo, menina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.