Dicas para otimizar ambientes pequenos

Particularmente eu não sou uma pessoa que fica muito atenta as tendências da moda, seja no vestuário ou na decoração de ambientes. Algumas coisas que vejo e gosto compro e outras vai mais do meu gosto do que o que a moda dita, acredito que os espaços que abrigam pessoas tem que ser acima de tudo aconchegantes independente do tamanho, mas tem quem gosta de seguir tendências, por exemplo a integração é uma das grandes tendências para 2016. A arquitetura segue com uma linguagem ainda mais clean e com a maior união possível de ambientes.

Com as novas construções, com apartamentos com ambientes pequenos, a otimização deve ser considerada, apesar dos cômodos serem menores, as pessoas não devem abrir mão de conseguirem o maior conforto possível, importante ter em mente que cômodos pequenos precisam ser bem planejados para que todo espaço no projeto seja útil e funcional. A tecnologia pode ser uma aliada, seja nos sistemas térmico, acústico, tecnológico e de segurança. Em ambientes compactos a multifuncionalidade tem que se fazer presente, uma boa ideia para compor os espaços, pode ser mobiliário contemporâneo de linhas retas, que geralmente tornam o visual do ambiente bem clean. Peças mais compactas podem agregar sofisticação.

O objetivo é otimizar o ambiente dando a sensação de que o imóvel é maior.

A iluminação acaba tem um papel fundamental, importante pensar no consumo consciente, uma sugestão é a utilização de lâmpadas e fitas de luz em LED (pela eficiência energética), e colocá-las em pontos que coincidam com uma luminosidade funcional. As luminárias além de iluminar podem dar charme e elegância ao ambiente, no caso de ambientes pequenos, os lustres devem ser pequenos. Sancas com luz indireta e arandelas de efeito também podem ser colocadas, visando a valorização de algum detalhe, por exemplo, do painel da sala.

Na hora de decorar o ideal é optar por tons claros no ambiente, uma opção é inserir cores mais vibrantes em detalhes e podemos pensar em utilizar painéis de MDF, papel de parede decorativo, mosaico de mármore ou revestimento cerâmico patchwork nas paredes. Uma opção de piso com revestimento antiderrapante pode ser o piso vinílico amadeirado em tons claros ou porcelanato por ser refletivo passa a sensação de que o ambiente é mais amplo. Assim como os espelhos que podem ser elementos chaves e os maiores aliados na hora de dar a sensação de amplitude ao ambiente. O ideal são modelos grandes, fixados na parede, ao invés de colocar um espelho pequeno emoldurado.

Já os móveis precisam ser escolhidos levando em conta as dimensões do ambiente, para não cometer o erro de comprar algo maior do que o espaço disponível. Leve em contato as dicas acima se o espaço for pequeno e você quiser ampliá-lo, se você não planejar provavelmente não conseguirá aproveitar bem o espaço.

Se for colocar algum paisagismo, utilize elementos como cerâmica e tijoleira, revestimentos diferenciados e jardins verticais que estão em alta, são práticos e necessitam de pouca manutenção das áreas verdes.

A palavra chave para ambientes pequenos é praticidade.

Via: 1 ,

 

Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.