E o batizado?

Tem vezes que nem sei mais o que pensar desse país em que estou vivendo no momento, é esse mesmo, aquele do futuro que até hoje estou tentando descobrir que futuro é esse tão distante… Aquele país mesmo que dizem que Deus nasceu nele e tem até quem acredite que Jesus nasceu em um estado ao norte cuja capital é Belém e é de lá que veio a Fafá… Aquele mesmo onde tem gasolina batizada em posto bacana em áreas nobres e nem tanto na cidade que um dia já foi maravilhosa… Aos 30&Alguns nem preciso dizer o nome do país, você sabe qual é….  é nesse país mesmo que abasteci o carro e tinha algo mais além de gasolina, imagina como está o meu veículo?

Curta nossa página 😉

9 thoughts on “E o batizado?

  1. Na capital deste mesmo país eu estava dirigindo à noite na chuva na semana passada, quando caí dentro de um buraco em uma rodovia. O prejuízo somou mais de $2.000,00, por sorte tenho seguro, mas ainda há o prejuízo de pagar a franquia. E o Estado, que todos os anos nos assalta com impostos caríssimos para cuidar das estradas, faz o que? Nada. Caí no buraco na 4a à noite, não sei desde quando ele está lá. No sábado de noite, na mesma estrada, vi SEIS carros quebrados no acostamento, vítimas do mesmo algoz-buraco. Quem paga a conta?

  2. Ando por esses dias mais de bike, mais a pé, não vejo nos carros um futuro promissor, desisti…não sei até quando, mas nesse país que agora voltei e nessa cidade na qual me criei e que já não gosto tanto assim andar de carro me parece coisa de gente sem educação e sem noção de cidadania, parce coisa de novo-rico, sei lá to de saco cheio dessa merda toda.

  3. E isso com o tempo vai acabando com o motor… São uns canalhas, gente da pior espécie. E de imoralidade em imoralidade, vamos tentando sobreviver!!!

  4. O Brasil tem essa contradição da imagem de ser um país do futuro nos acompanhar desde os anos 50. Mas a ironia tem um gosto todo especial quando se mistura a História. Deus é sarcástico… tanto que é brasileiro.

  5. gabriel » fico imaginando como você estar se sentindo, quando retornei ao Brasil nos primeiros meses era só alegria, revendo todos, depois foram uns 6 meses de revolta total, estilo “saco cheio dessa merda toda”, demorou para readaptar, mas mesmo assim, ainda há muita indignação…

  6. Carol » nós continuamos pagando a conta, uma vergonha, as taxas que cobram em tudo e temos que viver desviando de buracos, aqui no Rio além de desviar de buracos, muitos ainda desviam de balas semi-perdidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn