I am the master of my fate: I am the captain of my soul

“Invictus” é um poema vitoriano escrito em 1875 pelo poeta  Inglês  William Ernest Henley, e publicado pela primeira vez em 1888.

Durante os anos que ficou encarcerado na prisão de Robben Island, Nelson Mandela recitou o poema para os outros presos e inspirando a todos.

Em 2009 o filme Invictus foi produzido e dirigido por Clint Eastwood, onde o poema é citado várias vezes se tornando o dom de inspiração central de Mandela, interpretado por Morgan Freeman, a François Pienaar , interpretado por Matt Damon, capitão da equipe de Rugby, antes do pós-apartheid na Copa do Mundo deRugby disputada em 1995 pela África do Sul.

“Out of the night that covers me,
(Fora da noite que me cobre,)
Black as the pit from pole to pole,
(Preto como o poço de pólo a pólo,)
I thank whatever gods may be
(Eu agradeço o que os deuses podem ser)
For my unconquerable soul.
(Pela minha alma inconquistável.)

In the fell clutch of circumstance
(Na garra cruel da circunstância)
I have not winced nor cried aloud.
(Eu não recuei nem gritei.)
Under the bludgeonings of chance
(Sob os golpes do acaso)
My head is bloody, but unbowed.
(Minha cabeça está sangrenta, mas erguida.)

Beyond this place of wrath and tears
(Além deste lugar de ira e lágrimas)
Looms but the Horror of the shade,
(Teares, mas o Horror da sombra,)
And yet the menace of the years
(E contudo a ameaça dos anos)
Finds and shall find me unafraid.
(Encontra e deve me encontrar sem medo.)

It matters not how strait the gate,
(Não importa quão estreito o portão,)
How charged with punishments the scroll,
(Como encarregado de castigos o pergaminho,)
I am the master of my fate:
(Eu sou o mestre do meu destino:)
I am the captain of my soul.”
(Eu sou o capitão da minha alma.)

Aos 30&Alguns informa que a tradução foi livre.

Curta nossa página 😉

2 thoughts on “I am the master of my fate: I am the captain of my soul

  1. Pingback: Veridiana Serpa
  2. Pingback: Veridiana Serpa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn