Mãe tem cinzas do filho inseridas em uma tatuagem

Kim Mordue, de 50 anos, teve as cinzas do filho morto, misturada as tintas que foram inseridas em suas tatuagens, com  intuito de homenagear o filho.

Lloyd Evans, morreu em 2007, aos 24, depois de ter usado a droga GHB, uma droga sintética, depressora do sistema nervoso central.

Kim disse: “Eu coloquei o Lloyd de volta para onde ele começou, ele está no meu corpo novamente … ele vai ficar comigo para o resto da minha vida”.

As tatuagens, uma árvore da vida (cabala), um anjo liberando uma borboleta e um poema dedicado a seu filho, foram desenhados por seu marido David, que é o dono do salão de tatuagens.

Diversos amigos apoiaram a homenagem de Kim, aos 30&alguns eu pergunto: e você o que achou?

Via.

Curta nossa página 😉

3 thoughts on “Mãe tem cinzas do filho inseridas em uma tatuagem

  1. Pingback: Veridiana Serpa
  2. Eu achei meio bizarro. Se não causar problemas de saúde futuramente, acredito que tenha sido benéfico para ela assimilar a perda. A lógica – redundantemente – faz sentido: saiu dela, voltou pra ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn