Miami

Miami multicultural: cidade abraça diversidade

Miami multicultural: cidade abraça diversidade e cria ambiente propício para gerações entenderem costumes de outros países. Conhecida nos Estados Unidos por ser um local receptivo aos imigrantes, região conta com atrações especiais de inclusão étnica e cultural

Miami, cidade relacionada as compras e festas animadas, também é um centro turístico repleto de história. Por mais de 100 anos, o local atrai pessoas de várias partes do mundo, em especial da América Central, devido à proximidade territorial. Segundo o censo americano de 2020, 68,7% dos residentes na região se consideram latinos na região. Devido à quantidade de hispano-americanos, de origem cubana, porto-riquenha, mexicana e outros países, Miami é um berço cultural capaz de mesclar modernidade e inclusão, muito perceptível nos bairros.

Em Little Havana, é possível ver o icônico mural colorido de azulejos que ilustra símbolos da cultura cubana: com frutas tropicais, instrumentos musicais e charutos. Para uma autêntica vivência cubana, a organização oficial e credenciada de promoção da cidade de Miami, Greater Miami Convention & Visitors Bureau (GMCVB), indica conhecer o Charuto Boutique de Little Havana ou Little Havana Cigar Factory, onde é possível ver, em primeira mão, o processo de criação dos charutos cubanos. Outro lugar interessante de se visitar é o Cubaocho Museum & Performing Arts Center, espaço de entretenimento com música ao vivo e um museu de arte cubana.

Cubaocho Museum & Performing Arts Center. Crédito: DIvulgação

Overtown, por sua vez, um dos bairros afro-americanos mais antigos de Miami, é um lugar especial para quem deseja conhecer a história sobre as lutas contra a segregação racial. Em 1920, o espaço começou a chamar atenção pela sua próspera comunidade negra, que administrava negócios e tinha uma vida comunitária próspera, que incluía atividades de entretenimento como o Historic Lyric Theatre e The Black Police Precinct Courthouse and Museum: uma preservação histórica da origem afro-americana no que se refere às lutas e realizações de policiais negros na histórica, que impulsionariam os movimentos civis da década de 40. Até o fim de fevereiro, a cidade de Miami promove o Mês da História Negra, com a intenção de ampliar o debate sobre as questões raciais e dar voz para as comunidades. Além disso, são diversas atrações, que vão desde festivais de jazz até exposições culturais.

Historic Lyric Theatre. Crédito: DIvulgação

Para quem ainda gosta de atividades ao ar livre e deseja conhecer mais sobre os patrimônios culturais dos nativos norte-americanos, vale conhecer o Miccosukee Indian Village and Airboat Rides. Os indígenas da tribo Miccosukee contam um uma história de resistência, que culminaria nos anos 60, na aprovação da sua própria constituição e estatuto para a comunidade. Visitando o local, é possível integrar-se com a natureza e ter uma vivência na cultura dos povos originários.

Miccosukee Indian Village. Crédito: Divulgação
Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.