investigação discovery

Pequenas Cidades em Pânico estreia em Investigação Discovery

Em Pequenas Cidades em Pânico, Investigação Discovery revisita casos de homicídios que abalaram comunidades pacatas. Série revela os bastidores de assassinatos que espalharam medo e suspeita em cidades até então tranquilas

A partir deste domingo, 13 de setembro, às 21h10, o Investigação Discovery relembra crimes hediondos que abalaram a tranquilidade de comunidades até então pacíficas com a estreia da série PEQUENAS CIDADES EM PÂNICO (Hometown Homicide).

Em seis episódios de uma hora, a produção revela os bastidores das investigações de assassinatos reais que interromperam a rotina pacata dos moradores de cidades pequeninas, lançando a dúvida e o medo sobre eles. Os homicídios também surpreenderam agentes das polícias locais que, acostumados com pequenas ocorrências, tiveram de lidar com a crueldade e brutalidade de assassinos.

Recriação de amigos e Danni Locklear pendurados no riacho. Crédito: Discovery ID

Além de entrevistas com os profissionais diretamente envolvidos na apuração dos fatos, a série traz depoimentos de familiares das vítimas e compila material de arquivos que fizeram parte das investigações: fotos e vídeos que retomam os principais acontecimentos na linha do tempo dos crimes.

Seriam os assassinos membros da própria comunidade que mantiveram em segredo o seu ímpeto homicida? Ou a cidade está sob a mira de um forasteiro capaz de matar? Diante de perguntas sem respostas, os investigadores correram contra o relógio, procurando evidências e pistas que solucionassem os casos e trouxessem a paz de volta a seus lares. 

O episódio de estreia da série retorna a agosto de 2000, quando Jessica Carpenter, então aos 17 anos, foi encontrada morta em sua casa, na pacata cidade de Aiken, lar de pouco mais de 25 mil habitantes e localizada no estado americano Carolina do Sul. Judy e Jessica, Mãe e filha, almoçaram juntas. Após o almoço, a mãe voltou ao trabalho. Quando terminou o expediente, por volta das 17h, Judy retornou à casa da família e viu corpo inerte e nu da jovem no chão da sala.

Ray Scott e Dwayne Coutney estiveram entre os primeiros oficiais a chegar ao local do crime e assumiram o caso. Eles narram a cena que encontraram, os principais momentos da investigação e como as pouquíssimas evidências recolhidas foram fundamentais para a identificação e prisão do assassino. Eles contam que, diante da constatação de estupro da vítima, todos os homens de Aiken se tornaram suspeitos – do carteiro aos colegas de trabalho dos pais de Jessica.

Jornalistas locais que trabalharam na apuração do caso, amigos e familiares de Jessica contam a história de uma cidade aterrorizada pela ameaça de um assassino à solta. Dois meses depois, outra jovem foi atacada em um crime com elementos muito similares aos do assassinato de Jessica. Mas a segunda vítima sobreviveu e, com as informações divulgadas por ela, começa a busca pelo que parecia ser um assassino em série.

SERVIÇO
PEQUENAS CIDADES EM PÂNICO (Hometown Homicide)
Estreia: domingo, 13 de setembro, às 21h10
Classificação indicativa: 14 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.