Se já não bastasse – Congonhas: terra desliza na cabeceira da pista

Como já dizia Renato Russo, “Que País é esse?”, Congonhas: terra desliza na cabeceira da pista.

Um amigo meu levou 20 horas para chegar de Cuiabá no Rio de Janeiro. Sexta-feira ele deveria embarcar para o Rio com escala em Brasília, saindo às 16h, conseguiu embarcar às 23:50h com destino a Brasília depois de se responsabilizar por chegar no Distrito Federal e se virar para continuar viagem, como diz aqui na Cidade que um dia já foi Maravilhosa, é mole ou quer mais?

De Brasília ele conseguiu embarcar para o Rio no sábado às 9:30 da manhã, sendo que havia comprado a passagem para as 08:30h, acabou chegando no Rio às 11:00h.

Todo o processo levou cerca de 20 horas, pois ele havia chegado no aeroporto por volta de 15:30h. Detalhe a mala foi entregue na madrugada de domingo, às 2:30 e ainda por cima rasgada.

Aos 30&Alguns eu vejo que essa situação está absurda e sinceramente, ninguém merece!!!!

Curta nossa página 😉

3 thoughts on “Se já não bastasse – Congonhas: terra desliza na cabeceira da pista

  1. Isso tudo é tão absurdo! Vinte horas é o tempo de um vôo do Rio prá Indonésia, lá do outro lado do mundo!!!!
    Gente, é muita incompetência!!!!

    Incompetência total!!!!!

  2. Veri, quero te avisar q esse seu amigo disse q vai embarcar hj às 19:30hs, novamente pra Cuiaba…
    depois eu te digo,q hs ele conseguiu embarcar e q hs ele conseguiu chegar ao seu destino final!!
    bjus

    desejo sorte a ele… bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn