Série “Bailão” mostra trajetórias de quadrilhas juninas baianas

Série “Bailão” volta à TVE mostrando trajetórias de quadrilhas juninas baianas

Oito personagens diferentes, participantes de um concurso de quadrilhas realizado em Salvador (BA) revelam o dia a dia, a paixão, os desafios, a tradição e a arte envolvidos no universo das competições que marcam os festejos juninos na Bahia e em diversos estados brasileiros. Esse é o enredo que marca a série documentário Bailão, projeto da Todos os Cantos Filmes que conta com seis episódios de 26 minutos de duração cada.

A série, em exibição na TVE Bahia, às quartas-feiras, às 19h, reúne grupos tradicionais da capital e do interior do Estado e aborda, a cada episódio, diferentes temáticas que levantam discussões e revelam detalhes sobre esse universo tão singular. “Bailão apresenta a história das competições de quadrilhas, mostrando como elas evoluíram ao longo do tempo e como se configuram atualmente os principais concursos de quadrilhas”, explica Pola Ribeiro, diretor geral da série.

Capelinha do Forró. Crédito: Divulgação

O primeiro episódio apresenta o universo das quadrilhas juninas da Bahia e das quatro quadrilhas acompanhadas pela série, através dos olhares de oito pessoas que vivenciam intensamente esse contexto. A partir de seus relatos revelam-se toda a paixão que move os quadrilheiros, bem como suas queixas em relação à falta de apoio e o papel cultural e social exercido pelas quadrilhas. No episódio seguinte, o segundo, ambição e coração se enfrentam na quadra do concurso de quadrilhas. De um lado, é possível conhecer o que há por trás da toda poderosa Capelinha do Forró, a partir do relato da diretora da quadrilha, Taís. De outro lado, vê-se a luta dos meninos da Rojão de Ouro para levar a quadrilha para a quadra.

Imperatriz do Forró. Crédito: Divulgação

Ousadia e inovação definem os dois personagens do terceiro episódio da série. De um lado, Armani comanda a jovem Imperatriz do Forró; de outro, Serginho, busca superar a si mesmo, saindo da sua zona de conforto com os figurinos da Forró do ABC. Já o quarto episódio é marcado pela juventude e experiência de membros de quadrilhas, e como essas histórias marcam suas vidas.

Rojão de Ouro. Crédito: Divulgação

Apontando para o fim da série, o quinto episódio apresenta quadrilhas de toda a Bahia que se apresentam na quadra do concurso, mas destaca que poucos conhecem o esforço e a entrega dos quadrilheiros, que trabalham por meses para apresentar um trabalho digno. Encerrando o projeto, o último episódio apresenta os campeões e relembra momentos emocionantes vividos pelas quadrilhas baianas ao longo dos dias que marcam o concurso.

Bailão ganha as telas da TVE, tendo sido contemplada no Prêmio de Exibição Audiovisual, com apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Para comprar itens de Festa Junina: https://amzn.to/3meN3mm

Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn