Telefonemas e telefonemas

Nos EUA, tem um sistema, o qual quando alguém de telemarketing te liga, você pode informar a pessoa que deseja que o  número seja retirado da lista e ainda pode cadastrar o mesmo no website National Do Not Call Registry, uma vez cadastrado você pode processar (e lá funciona) a empresa que te ligar sem você ter autorizado.

Nossa, igualzinho no Brasil, não? Não mesmo, aqui é uma baderna só, é ligação do Jornal O Globo, da editora Abril, da Tim, da Vivo, da Claro, entre outros que você fica imaginando, assim como eu e o Mobilon, como te descobriram.

Quem mora no Rio de Janeiro (não tenho conhecimento que ocorra em outras cidades) ainda tem que preocupar-se com telefonemas de bandidos fingindo ser um ente querido que foi sequestrado.

Eu particularmente nunca recebi esse tipo de telefonema, mas alguns amigos e conhecidos já foram vítimas, e as pessoas reagem de forma diferente.

1. uma amiga da minha mãe recebeu o telefonema, por volta de 14h, informando que seu marido havia sido sequestrado, tentou passar um rádio para o marido e nada, começou a ficar preocupada, tentou novamente e nada, acabou acreditando no bandido, foi até o banco e fez a transferência para uma conta na CEF, minutos após fazer o depósito, recebeu um telefonema do marido, informando que estava anteriormente, em uma área em que o celular estava sem recepção. Ela então retornou ao banco, mas foi informada que nada podiam fazer.

2. outra amiga, recebe semanalmente por volta das 3h o mesmo telefonema, sempre um homem, grita: “mãe me pegaram”. A primeira vez ela foi até o quarto do filho e ao notar que estava lá, apenas desligou o telefone. Ela tem identificador de chamadas, as ligações durante um período de tempo vem do mesmo número, depois troca, mas ela nada pode fazer, vai confiar e reclamar para quem?

3. um amigo recebeu um telefone de madrugada, uma voz masculina dizia: “pai me pegaram”, como ele não tem filho, apenas filha, acabou respondendo: “bem feito, problema seu”.

4. minha mãe, já recebeu alguns telefonemas, sempre a cobrar, mas na semana passada, não foi a cobrar, era uma voz masculina que dizia: “mãe me pegaram, me pegaram mãezinha”, e ela muito safa perguntou: “Mariana” (nem tem filha Mariana), e o homem respondeu: “sim mãe, sou eu mesma”. Detalhe, ela tem identificador de chamadas.

Aos 30&Alguns eu pergunto, vamos fazer o que com casos como esses?  O mais assustador é saber que muitas vezes esses telefonemas vem de dentro de penitenciárias. Lamentável, ter um telefone e não ter paz ao atendê-lo, ou porque alguma empresa de telemarketing não para de te ligar ou porque bandidos ficam tentando te extorquir. Que país é esse? Que direitos temos?

10 comentários

  1. Bom dia, minha amiga.
    Eu não gosto muito de telefone não.
    Gosto para EU usar. Não para usarem comigo.
    Basta fazer uma estatística rápida e achar a proporção de telefonemas que você recebe que interessam a você e te beneficiam em relação às quem interessam aos outros e/ou te prejudicam de alguma forma…
    Veri, querida, você foi indicada.
    Passa lá e veja para que.
    Beijão! Boa semana!


  2. Eu moro em Brasília. E aqui também tem dessas. Já me ligaram, dizendo que minha mãe estava num buraco desses qualquer daqui – na época, minha mãe ainda morava no Rio. Desliguei e não ligaram mais. Mas volta e meia alguém aqui comenta que recebeu uma ligação. Aqui a polícia é mais civilizada. Dizem que se for lá reclamar, que eles fazem alguma coisa. Mas eu mesma não fui e não conheço ninguém que tenha ido.

  3. Aqui também acontece isto. Quando tinhamos telefone fixo, trocamos por dois celulares, todos os dias recebiamos uma ligação misteriosa. A sorte foi que numa de minhas visitas em uma empresa, conseguir a lista de todos os telefones públicos da região de Irecê, com número e endereço, e no dia seguinte, quando a pessoa ligou, falei do endereço, e do telefone… nunca mais!

  4. Cara, eu já passei loucura, tipo de alguém se fazer passar por telemarketing pra puxar assunto e saber da minha vida.
    Eu hein?

  5. Adao Braga » é um absurdo ter que dar uma de investigador para poder ter paz em casa e não receber ligações desagradáveis…

  6. Carol » isso é muito complicado, principalmente que se você for na polícia para dar queixa tem que deixar seus dados, acho que é por isso tb que muitos de nós não fazemos nada, principalmente porque nem na polícia dá para confiar… 🙁

  7. Rafael Reinehr » exatamente, você fala outro nome, se confirmarem, você já sabe que é golpe…

  8. Oscar Luiz » muito obrigada, já passei lá… bjs e uma ótima semana…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.