Tratamentos alternativos para doenças psíquicas e psicossomáticas através da arte

O cérebro humano se divide em duas metades semelhantes, os hemisférios cerebrais conectados por feixes de filamentos nervosos e com funções diferenciadas. Os hemisférios controlam a parte inversamente proporcional do corpo humano.

O hemisfério esquerdo é o racional, dominante na maior parte dos humanos, controla o lado direito do corpo, o pensamento lógico, a linguagem oral, já o hemisfério direito, o lúdico, que manifesta a emoção, o simbólico, a criação, controla a parte esquerda do corpo humano.

Tratamentos alternativos que utilizam a arte, ajudam a combater doenças psíquicas e psicossomáticas como depressão, pânico, estresse, fobia e esquizofrenia, sem a necessidade de utilizar unicamente medicamentos para o re-equilíbrio e funcionamento do cérebro.

Uma interação entre tratamentos convencionais e alternativos, possibilitam uma desenvoltura maior da mente através de atividades artísticas, como a dança, música, teatro, artes plásticas, entre outras.

Aprender a desenhar com o hemisfério direito do cérebro ajuda no processo de recuperação da memória, resgate da auto-estima, aumento da longevidade e saúde, já que desenvolve o lado criativo e intuitivo, além de ajudar no combate à depressão, ansiedade e estresse.

Atividades que envolvem o campo das artes contribuem para o desenvolvimento do hemisfério direito do cérebro, responsável pelo processo criativo, assim a pintura ativa o lado lúdico, a criatividade, fortalecendo os hormônios que combatem o estresse, a falta de concentração, as dificuldades de memorização e motoras, entre outros distúrbios mentais e do corpo.

Curta nossa página 😉

6 thoughts on “Tratamentos alternativos para doenças psíquicas e psicossomáticas através da arte

  1. Pingback: Rede Geral Perfis
  2. Veri, eu digo, e faz tempo que uso esta frase, escritores e artistas vivem mais e com mais qualidade do que os atletas que correm maratonas. Que viver tranquilamente, com atividades voltadas para a cultura tem vantagens…

    – É mais fácil encontrar pessoas ligadas as artes com mais de 80 e 90 anos do que atletas

    Sem preconceito e sem dados estatisticos. É só uma observação!.

  3. Pingback: Sylvia Cheleiro
  4. Pingback: Meiroquinha
  5. É por isso que eu digo: aquele Desenhe com o lado direito do cérebro da Betty Edwards é o melhor livro pra quem quer investir num hobby artístico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn