Vacina contra a febre amarela X alergia a ovo

A febre amarela é uma doença viral aguda febril, transmitida por mosquitos hematófagos da família Culicidae e do Gênero Aedes e Haemagogus. Os sintomas são febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias e infelizmente está sendo transmitida com mais frequência em algumas regiões do país e  segundo o Ministério da Saúde, pessoas que moram em áreas endêmicas ou que irão se deslocar para estas áreas no Brasil ou viajar para países de risco para febre, consideradas de risco para a febre amarela, devem receber a vacina.

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) alerta que as pessoas alérgicas ao ovo têm risco e devem ter alguns cuidados ao se vacinarem contra a febre amarela, já que a vacina é cultivada em ovos embrionados de galinha, contendo assim grande quantidade de proteínas do ovo podendo gerar reações em pacientes com história de alergia ao ovo,  após receberem a vacina.

O ASBAI recomenda que pessoas com história de reações alérgicas leves a moderadas, após ingerirem ovo (apenas urticária, por exemplo), podem receber a vacina sob supervisão médica e devem ficar em observação por 30 minutos após a vacinação.

Já pessoas com história de reações alérgicas graves após a ingestão de ovo, como a anafilaxia, por exemplo, têm contraindicação para receber a vacina. Se o risco de exposição à febre amarela  for muito grande, o paciente deve ser encaminhado ao especialista para realização de testes cutâneos com a vacina da febre amarela. Se o resultado do teste for negativo, pode-se administrar a vacina sob supervisão médica e com período de observação de 30 minutos. Se o teste for positivo, deve-se discutir com o alergista o fracionamento das doses ou a dessensibilização em ambiente que ofereça a possibilidade de manejo adequado em caso de possível anafilaxia pós vacinal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.