Você entende? Porque eu não entendo…

Algumas coisas, para não dizer muitas, que ocorrem no nosso país não dá para entender, como por exemplo:

  • se você dá de presente uma BICICLETA ou um SKATE para alguém, ou você dá também os acessórios ou a pessoa compra, acessórios esses que para a segurança, dependendo do presente consta de capacete, joelheira, luvas … ou seja, um kit básico de segurança.
  • se você possui uma motocicleta é obrigatório utilizar o capacete (lógico que na República Federativa Terra de Marlboro, vulgo Brasil, qualquer propina te livra de estar com ou sem ou o caramba a quatro, o que é realmente revoltante)
  • agora me explica como que as pessoas que possuem scooter (aquela motoca estilo vespa) podem circular pela cidade sem ter uma placa de identificação, nem necessidade de capacete nem de coisa nenhuma.

Aos 30&Alguns eu pergunto

  • se você for atropelado pela motoquinha, que descrição você dá? a cor? a marca?
  • se a pessoa pilotando a motoca sofre um acidente e voa no asfalto, não seria necessário ter um capacete?

Algumas coisas eu realmente não entendo, se você entende, pode me explicar?

6 comentários

  1. To tirando minha CNH agora e tive que estudar sobre isso. Por lei os veículos ciclomotores (até 50cc e velocidade máxima 50 km/h) devem sim ser registrados no DETRAN, possuírem placa e mais, existe uma habilitação, diferente da categoria A para motos, chamada de ACC, Autorização para Conduzir Ciclomotores, que é necessária para esse tipo de veículo. Só que, como bem sabemos, não existe uma fiscalização mais rigorosa quanto a isso, infelizmente. Por via das dúvidas, é melhor se prevenir para não ser atropelado por uma dessas.
    Só lembrando que para conseguir uma ACC o processo é o mesmo que para tirar qualquer outra categoria de habilitação: exame médico, psicológico, aulas e prova de legislação, aulas e prova de condução. Agora descobrir alguém que tem uma ACC… Não sei não, eu nunca vi.

  2. Eu tb não entendo Veridiana! Bom nossas leis são uma esculambação total! Vai ter festinha amanhã no meu blog! Passa lá para ver!
    beijocas

  3. E por que, me diga, se você levar uma criança no banco da frente do carro é multado, mas a mesma criança pode pilotar uma “scooter”?

    Isso aqui não é terra de Malrboro não, isso aqui é terra de ninguém!

  4. Arthur já explicou. Mas reforço que de acordo com o CÓDIGO BRASILEIRO DE TRÂNSITO, é preciso CNH para motos com no mínimo 100cc, isso inclui até as Honda Biz antigas de 100cc e as novas Pop 100cc da Honda, bem como Emplacamento, uso de equipamentos de segurança, capacetes, Luvas e etc., mesmo nas motos abaixo de 100cc tipo Scooter’s e aquelas famosas “Cinquentinhas” de 50cc.

    A velocidade máxima de fabricação da Scooter não pode ultrapassar a cinqüenta 50 km/h e compete aos municípios regulamentarem os modelos de motos menos potentes. Por isso é necessário ir ao Detran da cidade em que vai trafegar para ver se existe legislação de emplacamento para a Scooter.

    Veja por exemplo o Detran do Recife – que convocou todos os proprietarios de ciclomotores para regularizarem as scootes e tirarem habilitação (http://www.scooteronline.hpg.ig.com.br/noticias/not0091512.htm)

    Penso que embora não seja obrigatório CNH nem Emplacamento, na localidade, é aconselhável o uso dos equipamentos de segurança. No trânsito não se brinca! E é melhor se prevenir!

    Boa semana! Beijus


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.