piercing de nariz de ouro

Você sabe quando surgiu o piercing?

A perfuração do corpo físico para a inserção de um adorno corporal metálico esterilizado é uma tradição de pelo menos 5000 anos, utilizado por diversas civilizações antigas. Maias, astecas, egípicios, indianos, romanos, esquimós chineses, foram alguns dos povos que ao longo da história da humanidade usaram piercing, ou seja, perfuravam partes do corpo e o adornavam.

  • 4000 A.C – esquimós e povos das Ilhas Aleutas (AK,EUA) usavam percing labial para marcar marcos importantes da vida (puberdade, casamento, iniciação na caça)
  • 3.000 A.C – egípicios usavam percing no umbigo para sinalizar realeza, O piercing no umbigo era exclusivo da família real na época dos faraós.
  • 2000 A.C – os chineses das dinastias Xia e Shang introduziam agulhas de ouro nas orelhas de garotas de 12 e 13 anos no casamento.
  • 900 A.C – astecas e maias faziam cavidades no esmalte dental para a inserção de pedras preciosas, também era muito comum utilizá-lo na língua,distinguindo os sacerdotes dos templos. Acreditavam que, através desta prática, poderiam interagir melhor com as divindades . Como sinal de nobreza também colocavam joias na língua.os Maias praticavam a arte da perfuração, furando os lábios, o nariz e as orelhas.
  • 700 A.C – os romanos acreditavam que argolas de ouro e outros metais preciosos nos mamilos melhoravam a virilidade, que o artefato lhe proporcionaria vastos recursos financeiros e sensualidade.
  • entre 100 e 400 D.C – no segundo capítulo do livro indiano Kama Sutra, indica que passar o piercing verticalmente pela glande do pênis, estimula o prazer tanto masculino como feminino.O piercing no nariz é proveniente da Índia, onde se reservava às castas mais altas.
  • séculos XVI e XVII – o império Mugal no Pasquitão e na Índia introduziram a tendência do piercing no nariz para despertar a atração.
  • século XIX – na europa damas da alta sociedade usavam adornos nos mamilos, acreditavam que os piercingsfaziam os seios crescerem mais atraentes, chegando algumas até mesmo a pendurarem correntes de um mamilo ao outro.
  • século XX – primeira metade foi relegado à obscuridade
  • anos 60 – os hippies incorporaram o piercing a sua moda.
  • anos 70 e 80 – o movimento punk adotou os piercings bem visíveis como simbolo de rebeldia, outras tribos logo aderiram, eclodiu através dos ícones da moda londrina e dos criadores artísticos que frequentam o circuito alternativo.
  • anos 90 – atingiu o ápice.
piercing de nariz de ouro

O septo nasal perfurado, é originário da Nova-Guiné,têm a finalidade de conceder a quem os usa as qualidades do animal do qual estes enfeites são extraídos. Os papuásios além de adornarem o septo nasal também estão presentes na arte corporal.

Antigamente os piercings nos mamilos, simbolizavam vigor e energia, sinais de passagem para o estágio da masculinidade entre os aborígenes americanos

piercing
REUTERS/Ricardo Moraes

Os Kayapós também recorrem aos piercings para furar as orelhas dos bebês e enfeitar o lábio inferior das crianças. Seu líder se destaca dos demais membros ao exibir, nos eventos privados, um objeto de quartzo nos lábios.

piercing

Historicamente a utilização de piercing pode demonstrar escolhas individuais, traduzir um rito sagrado, conferir status nobre ou um adorno fashion. O piercing historicamente mais usado é o inserido no lóbulo da orelha. Ainda hoje preserva sua popularidade antigamente geralmente optavam por objetos de ouro puro, como piercing de nariz de ouro, atualmente podem ser produzidos com os mais diversos metais, tais como Titânio ou Teflon.

piercing

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.