BCG Gamma

BCG GAMMA, competição de inteligência de dados para universitários e profissionais recém-formados

3ª edição (1ª virtual) da BCG GAMMA, competição de inteligência de dados para universitários e profissionais recém-formados, jovens terão que gerar recomendações para endereçar problemas de segurança pública usando advanced analytics

Referência em ciência de dados para alta gestão corporativa no Brasil e no Mundo, o BCG GAMMA, unidade do Boston Consulting Group focada em análise avançada de dados e inteligência artificial, acaba de anunciar a terceira edição do “BCG GAMMA Challenge” – e primeira no formato virtual. Devido à pandemia de COVID-19 e com o cenário nacional ainda incerto, a versão online almeja proporcionar experiências e integração diferenciadas, a fim de garantir a saúde e segurança dos participantes e manter o alto nível das soluções propostas, além de ampliar o pool de participantes, até mesmo para brasileiros fora do país.

A competição é um datathon, em que os participantes devem usar ciência de dados para abordar um problema de alta relevância para a sociedade e gerar insights e recomendações a partir da análise de grandes volumes de informações. Em edições anteriores, o BCG GAMMA havia tratado temas como educação e saúde, em parceria com organizações como Fundação Lemann e ABRALE respectivamente. A edição atual será realizada em parceria com o Instituto Igarapé, think and do tank independente, dedicado à integração das agendas de segurança, clima e desenvolvimento. Voltado a universitários e jovens profissionais entusiastas de advanced analytics, os participantes desta edição terão o desafio de desenvolver propostas e soluções centradas em segurança pública, uma das frentes de atuação do instituto.

“A competição dará aos participantes a oportunidade de utilizar ciência de dados para endereçar um dos maiores problemas da sociedade brasileira. Dados recentes mostram que dez cidades do país estão entre as 50 mais violentas do mundo. A missão desses jovens é gerar insights não triviais e desenvolver recomendações acionáveis para o Instituto Igarapé ou municípios”, afirma Henrique Sinatura, sócio e líder do BCG GAMMA no Brasil. “Essa habilidade de aplicar advanced analytics para solucionar problemas reais será cada vez mais necessária e procurada por empresas do mundo inteiro. Com o crescimento exponencial na geração e capacidade de processamento de dados, negócios dos mais diversos setores vêm se transformando a partir de insights competitivos gerados por essa infinidade de dados e novas tecnologias. Os cientistas de dados serão cada vez mais requisitados e precisaremos desses talentos no Brasil”, completa Alexandre Montoro, também sócio do BCG GAMMA.

Serão aceitas inscrições individuais ou de grupos de até quatro pessoas, que deverão ser realizadas entre 25 de março e 23 de abril pelo site: http://on.bcg.com/3tUwqy7. Recomenda-se a resolução da proposta em grupos, portanto, os inscritos individualmente terão a oportunidade de se juntar a outros na mesma situação antes do início dos trabalhos. Após o anúncio dos grupos selecionados, haverá um Hacking Day, momento em que os participantes tomarão conhecimento do caso, terão acesso às bases de dados e iniciarão dos trabalhos.

“Os participantes terão acesso às oito principais bases de dados públicos para a execução do desafio, incluindo informações sobre homicídios, desenvolvimento humano, violência doméstica/sexual e desenvolvimento econômico. Essas informações são chave para planejar políticas públicas municipais de prevenção à violência”, explica Melina Risso, diretora de Programas do Instituto Igarapé.

A partir desses dados, eles ficarão livres para desenvolver soluções analíticas e gerar insights relevantes para o Instituto Igarapé e para a criação de políticas públicas eficazes. O período de execução remota dos trabalhos vai de 9 a 24 de maio e os convites para a fase final serão enviados em 1º de junho. As apresentações para uma banca julgadora (composta por executivos do BCG e representante do Instituto Igarapé) estão marcadas para o dia 12 de junho.

A premiação inclui uma bolsa de estudos para cada membro dos dois melhores grupos classificados na final do desafio. O grupo primeiro colocado terá acesso a uma bolsa de 8 mil reais a ser dividida entre seus membros, para realização de cursos ou participações em conferências de Data Science; e o segundo grupo, terá até 4 mil para esse mesmo fim. Além da formação, os participantes dos times vencedores também poderão ir direto para a fase de teste do processo seletivo para uma vaga no BCG GAMMA, desde que atendam aos pré-requisitos necessários.

Cronograma | BCG GAMMA Challenge 2021

• 25/3 a 23/4: Inscrições
• 28/4: Anúncio dos selecionados
• 8/5: Hacking Day (apresentação do desafio)
• 9/5 a 24/5: Execução remota dos trabalhos
• 24/5: Submissão dos trabalhos
• 1/6: Anúncio dos finalistas
• 12/6: Apresentações finais para banca julgadora e anúncio dos vencedores

Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.