Blogagem coletiva em Defesa da Criança

Lendo o Luz de Luma,yes party!, acabei sabendo da blogagem coletiva do dia 18 e 25 de maio proposta pelo Blog Diga Não À Erotização Infantil e e a Comunidade Diga Não À Pedofilia.

“”Dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Foi instituído pela Lei 9.970. A idéia surgiu em 1998 quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. Organizado pelo CEDECA/BA, representante oficial da organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia, o evento reuniu entidades de todo o país. Foi nesse encontro que surgiu a idéia de criação de um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil.

Foi escolhido o 18 de maio em homenagem à menina Araceli. Seqüestrada em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, então com oito anos, foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, desde o momento em que Araceli entrou no carro dos assassinos até o aparecimento de seu corpo, desfigurado pelo ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória. Poucos, entretanto, foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

Dia 25 de maio é o Dia Internacional Das Crianças Desaparecidas. A data refere-se ao dia do rapto do menino americano Etan Patz, em 1979. Etan tinha seis anos e jamais foi encontrado. Em 1983, os EUA reconheceram a data. Na Europa a data foi introduzida pela ONG Child Focus, após o caso Marc Dutroux, belga que raptou, estuprou e matou seis meninas. No Brasil o símbolo maior da luta pelas crianças desaparecidas é Arlete Caramês, mãe de Guilherme, desaparecido desde 17 de junho de 1991.

COMO PARTICIPAR DA BLOGAGEM COLETIVA E DE NOSSO MOVIMENTO

No dia 18 de maio próximo poste em seu blog textos sobre exploração sexual, abuso sexual, pedofilia e perigos na internet para crianças…

No dia 25 de maio, pedimos ajuda mais uma vez para divulgação de nosso Movimento Pela Criação do Alerta Amber no Brasil. O Alerta Amber é um alerta nacional de crianças desaparecidas dos EUA. Queremos que um alerta semelhante seja implementado em nosso país. Em cerca de 75% dos raptos, a criança é morta nas primeiras horas por seus seqüestradores e cerca de 10 a 15% das crianças desaparcidas podem jamais ser encontradas. A criação de um cadastro e alerta efetivo de crianças raptadas poderia mudar esse contexto, salvando vidas, quando a notícia do desaparecimento da criança fosse alardeada rapidamente, principalmente pelos meios de comunicação. Recentemente, o Deputado Alfredo Kaefer apresentou, na Câmara dos Deputados, projeto de lei para criação do alerta nacional. Queremos pressionar para que seja rapidamente aprovado e efetivado. Leia aqui mais sobre nosso Movimento e ajude a divulgá-lo.”

“A criança é o princípio sem fim. O fim da criança é o princípio do fim. Quando uma sociedade deixa matar as crianças é porque começou seu suicídio como sociedade. Quando não as ama é porque deixou de se reconhecer como humanidade.

Afinal, a criança é o que fui em mim e em meus filhos enquanto eu e humanidade. Ela, como princípio, é a promessa de tudo. É minha obra livre de mim.

Se não vejo na criança, uma criança, é porque alguém a violentou antes, e o que vejo é o que sobrou de tudo que lhe foi tirado. Diante dela, o mundo deveria parar para começar um novo encontro, porque a criança é o princípio sem fim e seu fim é o fim de todos nós.”

Herbert de Souza (BETINHO)
Sociólogo

fonte: Diga Não À Erotização Infantil

************************************

Aos 30&Alguns eu irei participar dessa blogagem, e você? Se não tem blog, não tem problema, participe, ajudando a divulgar, a conscientizar, visite os blogs participantes, comente, faça parte da forma como for possível.

Curta nossa página 😉

7 thoughts on “Blogagem coletiva em Defesa da Criança

  1. Sabe aquela conversa sobre cidadania, fazer um Brasil melhor, que a gente acha muito bonita, mas, quase sempre, por falta de tempo, acabamos deixando de lado? Vamos mudar essa história.
    O site Um Brasil de Cidadania, desenvolvido para a Ação Global do SESI, vem justamente criar um jeito prático para que cada um faça sua parte.
    Uma foto, um vídeo, uma simples frase, coisas do dia-a-dia, cada coisa tem seu valor na construção de um Brasil com mais cidadania. Nossa missão é estimular as pessoas a mostrarem como têm colaborado. E isso pode ser mais fácil do que parece. Existem duas formas de contribuir. A primeira é adicionar tags específicas às fotos do Flickr , posts no Twitter e vídeos do YouTube ligados ao tema (conforme exemplo em anexo) e eles serão mostrados no site da ação. E a segunda é contribuir no próprio site, deixando seu depoimento. Para entender melhor como funciona, visite http://www.umbrasildecidadania.com.br/?name=Blogs&V277
    As tags para vídeos, posts e fotos são: cidadania, caridade, voluntariado, voluntário, beneficente, doação, donativos, SESI, ONG, “Ação Global”, “ação social”, “ajuda ao próximo”, “responsabilidade social”, “serviço comunitário”, “brasil de cidadania”.
    Obrigada por contribuir por um Brasil com mais cidadania.

  2. Pingback: Blogagem coletiva em defesa da infância - Realidade Subjetiva
  3. a cerca de 3 dias sofri uma tentativa de rapto com a minha filha de 1 ano a saida da creche…a mais de um mes sempre que passava para ir buscar a minha filha estava la sempre parada uma carinha achava estranho mas como nunca fizeram e tentaram nada de mal nunca me preocupei…nesta passada quinta feira como qualquer dia normal fui buscar a minha filha a creche peguei nela e vim me embora com carrinho visto k nao tenho a carta e ando de transportes publicos mas a paragem fica no outro lado da cidade…a saida do colegio havistei a carrinha a mesma carrinha que eu via mas desta vez estava a beira da porta da creche vi dois homens morenos fora da carrinha e começaram se a rir…começei a ter receio e continuei a andar cada vez mais rapido reparei que a carrinha tinha nas portas de tras tinha arrames em vez de fechaduras normais como qualquer carrinha tinha…nisto vejo que a carrinha começa a trabalhar e eu respirei fundo e pensei (graças a deus foram embora) mas nao tudo um engano calhei de olhar para tras de mim e vi que um deles vinha por tras de mim a ri-se para mim…pegou e agarrou o carrinho da minha filha e nao o largava enquanto o outro estacionava a carrinha de maneira k ninguem visse k a minha filha estava a ser raptada juntamemte cmg mas nisto apareceu um anjo uma mulher k por ali passava ele pegou e fugiu para a carrinha e o outro nao conseguiu estacionar a tempo a carrinha..corri tanto nesse dia e agradeci tanto a deus…so que o mal disto tudo e k fikei traumatizada nao consigo sair a rua nao consigo dormir pke nao me sai a imagem dakele homem k vinha atras d mim…nao levo a minha filha a creche desde sexta feria e nao a vou levar mais…so tenho pena de nao conseguir ter uma prova para os apanhar disse tudo k sabia mas decertexa k nao vai dar em nada o mal e k as nossas crianças fikam ao merecer destes bandidos…obrigada por deixarem postar a minha historia..queria desabafar..obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn