queijos e cervejas

Como harmonizar queijos e cervejas

Tirolez ensina a entender sobre o amargor de cada opção para identificar o queijo mais adequado

Na gastronomia, a harmonização de ingredientes realça os sabores de uma degustação, tornando o momento em uma experiência única. Com os queijos, as possibilidades de harmonizações são infinitas, desde frutas a bebidas alcoólicas. Mas quais combinações fazem a diferença no paladar? A Tirolez ensina como harmonizar adequadamente queijos com cervejas.

Para acertcar na harmonização de queijos e cervejas, é necessário entender sobre o amargor da bebida, que é medida em IBU (International Bitterness Units). Quanto maior o número, mais amarga a cerveja será: de 10 a 15 IBU terá amargor leve; com aproximadamente 35 IBU, aparecerá um agradável realce lúpulo; e até 60 IBU, será uma cerveja bem amarga.

Os queijos mais suaves combinam com cervejas mais leves, enquanto os intensos harmonizam com cervejas mais fortes, com teor alcoólico elevado e mais amargor. O ideal da degustação  é contar com mais de um tipo de queijo, por isso, sirva água a vontade, pois ajuda a limpar o paladar e ameniza os efeitos do álcool.

Agora, aprenda um pouco mais sobre as harmonizações de queijos e cervejas:

Cervejas Pale Ale e Brown Ale. Essas cervejas artesanais são fortes em teor alcoólico, porém, ligeiramente adocicadas, maltadas e de sabor mais intenso. Combine as bebidas com Queijo Emmental e Queijo Gouda, de textura semidura, com tempo menor de maturação, sabor pronunciado e quase sempre levemente adocicado.

Cervejas Pilsen e Lager. Ambas as cervejas são suaves e refrescantes. Então, combine-as com queijos leves, como o Queijo Mussarela e os Queijos frescos como a Ricota. Já a Rauchbier, a cerveja defumada mais conhecida no mundo, também é Lager e combina bem com Queijo Provolone.

Cervejas Witbier e a Saison. Cervejas frutadas e suaves casam com os Queijos Brie e Camembert, com sabores um pouco mais intensos.

Cervejas IPAS e Cervejas Escuras. Cervejas escuras, como Belgian Strong Ale, Porter, Stout e Tripel, têm o malte torrado como principal matéria-prima, responsável por dar aroma e sabor variado à bebida, que chama a atenção por ser doce e amarga ao mesmo tempo. São potentes e têm um sabor marcante, então, a harmonização fica perfeita com queijos intensos e salgados, como o Queijo Parmesão, o Queijo Gorgonzola e o Queijo Provolone defumado. A Cerveja IPA também harmoniza com os mesmos queijos.

Para saber mais sobre como harmonizar perfeitamente queijos e cervejas, confira videoaula gratuita sobre o assunto na Escola do Queijo, um projeto da Tirolez no Youtube, que visa tornar consumidores em especialistas em queijos.

Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.