Os locais com maior quantidade de germes na sua casa

Desde pequena eu escuto “Lave as mãos” e digo constantemente para o meu filho de apenas 2 anos de idade, tentando ensiná-lo a se proteger dos germes, ainda mais nessa época do ano, outono e daqui a pouco o inverno e os vírus se espalham pelas cidades, mas apenas lavar as mãos não é suficiente.

Os germes e vírus que rondam superfícies de nossos lares, não estão nem aí para a nossa lavada de mãos, por exemplo, você sabia que a cozinha é um dos locais com maior quantidade de germes na sua casa? Panos de cozinha e esponjas são a maior fonte de bactérias, seguido pelas torneiras da pia, tanto da cozinha como do banheiro.

COZINHA

A pia da cozinha é um dos locais onde pode-se encontrar a maior concentração de  microorganismos. Lavar e desinfectar os lados e fundo da pia uma a duas vezes por semana com desinfetante é o ideal. Quem lembra de higienizar os drenos mensalmente despejando no ralo uma solução de uma colher de chá de água sanitária em um litro de água?

As torneiras muitas vezes contêm bactérias coliformes, assim como fungos e/ou mofo. Temos que sempre estarmos alertas e nunca deixar passar a oportunidade de lavar as mãos e mantê-las limpas, já que esta é uma das melhores maneiras de reduzir a propagação de germes na casa.

Para as torneiras recomenda-se uma limpeza diária com desinfetante.

Se você pensa que para por aí, está enganado, as tábuas de cortar alimentos são cheias de germes, pois geralmente entram em contato com vários tipos de alimentos como carnes, aves e peixes, é fundamental certificar-se de que ela está limpa, lave bem após cada utilização e entre um alimento e outro quando preparando vários pratos ao mesmo tempo.

O ideal é lavá-la com água quente e sabão após cada uso em seguida, aplicar uma solução de alvejante/água.

Embora nem todos os germes podem causar problemas de saúde, limpeza adequada de áreas negligenciadas ou ignoradas pode ajudar a reduzir ainda mais o risco de doenças e infecções transmitidas por alimentos.

Os botões do fogão também são focos de germes, muitas pessoas não se lembram de removê-los e lavá-los em água quente com sabão, deixar secar completamente e re-instalá-los. Recomenda-se que isso seja feito uma vez por semana.

As bancadas também podem ser focos de germes e até mesmo de bactérias coliformes , já que fontes de coliformes podem ser atribuídas a vários produtos alimentícios, inclusive produtos não lavados, bem como carne crua.

Quem tem animal doméstico então o perigo é dobrado, já que os coliformes podem ser introduzido através do contato com animais domésticos, incluindo seus pratos e brinquedos.

Recomenda-se lavar a superfície da bancada diariamente com água quente e sabão, lavar novamente com água limpa, em seguida, aplicar uma solução de água sanitária e água.

Quem tem gato e deixa que eles subam nas bancadas, devem lavar a bancada sempre antes de utilizar

Para bancadas especiais, use limpeza recomendado pelo fabricante.

Cafeteira, aposto que os amantes de café jamais pensariam que uma cafeteira poderia fazer parte da lista, mas como geralmente fica localizada em um local escuro e úmido, ou seja, um local privilegiado para bactérias, mofo e bolor crescerem.

Em casas com muitas pessoas e que a maioria bebe café, muitas vezes a água permanece na máquina de café, sem uma limpeza freqüente, com o tempo você vai ter um biofilme formando sobre as superfícies.

Siga sempre as instruções de limpeza do fabricante. Uma recomendação comum é a limpeza através da adição de até 4 colheres de café de vinagre não diluído no reservatório, deixando repousar durante 30 minutos, em seguida, deixe que o vinagre sai da unidade seguido pela execução de dois ou três ciclos de água fresca através da unidade até que o odor de vinagre saia. A maioria dos fabricantes recomendam a limpeza a cada 40 a 80 ciclos ou pelo menos mensalmente.

Em cima da geladeira é o clássico caso de, “longe dos olhos, longe do coração”.

A tela de toque do microondas é notória, a comida crua que é colocada dentro do aparelho para cozinhar pode deixar para trás a E. coli ou salmonela, apesar de a comida sair cozida, os germes que podem deixá-lo doente são deixados do lado de fora do microondas para a próxima pessoa que tocar. É importante limpar a tela de toque regularmente, especialmente depois de cozinhar carne crua.

Esse é um ,local óbvio, deve ser completamente pulverizada com um limpador que contenha água sanitária, deixe repousar por 10 minutos. Antes de adicionar um saco de lixo novo, certifique-se a lata está completamente seca.

BANHEIRO

Porta-escovas é o terceiro local com maior quantidade de germes, acrescentando que a partilha de água no fundo do porta-escova de dentes e do efeito dos aerossóis do banheiro nas proximidades são os prováveis ​​culpados.

Quem tem máquina de lavar louças deve colocar o porta-escova de dentes para lavar de uma a duas vezes por semana. Se não tiver, lave a mão com água quente e sabão, em seguida desinfete, também de uma a duas vezes por semana.

A banheira e chuveiro também são repletos de germes, a banheira inclusive pode ter 100 vezes mais bactérias do que a lata de lixo. Chuveiros e banheiras devem ser desinfectados duas vezes por semana para se livrar das células mortas da pele deixados.

BICHO DE ESTIMAÇÃO

Quem tem um bichinho de estimação, muitas vezes nem se atenta ao fato que suas tigelas, por ficarem geralmente no chão e não serem lavadas regularmente, são cheias de germes, pois não é prático desinfetá-la a todo momento, mas o ato de lavar as mãos depois de tocá-la não deve ser esquecido.

Os pratos dos animais devem ser lavados diariamente, seja em uma máquina de lavar louça ou à mão com água quente e sabão. Uma vez por semana, coloque o prato de molho em uma mistura de alvejante (uma tampa de água sanitária em 3,5 litros de água) por cerca de 10 minutos, enxágue bem e deixe secar.

Os brinquedos dos queridos animais de estimação também sao, em muitas casas, fonte de coliformes, bactérias, leveduras e bolores, incluindo bactérias estafilococos. As pessoas que moram no local devem ser encorajadas a sempre lavar as mãos depois de brincar com o animal.

Os brinquedos duros podem ser lavados com água quente e sabão, enxaguado com água fresca, desinfetados com uma solução de lixívia suave, então cuidadosamente lavados para remover qualquer resíduo. Já os brinquedos macios podem ser lavadas com outra roupa no ciclo de água quente da máquina de lavar.

 OUTROS LOCAIS

Todo mundo toca nos controles remotos, imagine todas as vezes que os moradores da casa assistem TV, enquanto  distraidamente roem as unhas, fazem um lanchinho e percorrem os canais, deixando todos os tipos de bactérias no controle remoto. Certifique-se de higienizar o controle remoto regularmente para evitar  doenças.

Interruptores de luz, especialmente o interruptor da luz do banheiro pode ter tantos germes quanto o lixo. Desinfetar interruptores de luz duas vezes por semana ou diariamente, se um membro da família estiver doente.

O trocador de bebê geralmente quando a fralda é trocada há probabilidade de contaminação bacteriana ocorrer, por isso que o trocador pode ser comparado a um assento sanitário sujo que toca o corpo inteiro do bebê. Durante as mudanças de fraldas, a embalagem de fraldas, a lata de lixo e qualquer coisa ao redor da área de troca pode ser contaminado com bactérias através do toque após o manuseio de uma fralda suja. A limpeza do trocador deve ser feita freqüentemente.

Tapetes e cortinas, as pessoas devem lembrar-se de sempre virar o tapete e aspirar a parte inferior.As cortinas devem ser limpas de acordo com o material de fabricação(metal, madeira ou tecido). Para cortinas de metal, limpe com uma meia levemente
umedecida com água ou limpador multiuso. Para as de madeira siga o mesmo procedimento usando apenas um pouco de água da torneira. Não molhe demais a madeira e certifique-se desecá-la logo em seguida. Para cortinas de tecido, passe por cima um pano de microfibra seco.

Via: 1;2;3;

Curta nossa página 😉

1 comentário

  1. Adorei, agora podemos nos proteger de germes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.