Homem solteiro que mora com a mãe

Hoje de manhã, peguei o ônibus para ir trabalhar, o motorista é novo nesse horário, deve ter uns 50&Alguns, reparei que sempre reclamo dos motoristas que correm, param em qualquer lugar, etc, esse senhor pelo contrário anda bem devagar, mas tão devagar que já vi uma bicicleta ultrapassar o ônibus e sumir de vista.

Primeiro comecei a ficar apreensiva com o horário, mas depois de um tempo comecei a me entreter com o papo que rolava entre o cobrador (20&Alguns) e o motorista. O rapaz começou a conversa preocupado com o que iria comer, já que sua mãe tinha ido visitar uma tia, estava se divertindo muito e resolveu prolongar a visita. Seu irmão que estava separado da esposa e morava com ele até umas semanas atrás, resolveu voltar para a mulher e ele não sabia o que iria almoçar.

O senhor com ar preocupado perguntou se não havia comida em casa e ele explicou que não havia na panela, mas na geladeira e nos armários sim e que ele estava ficando chateado, pois a comida estava começando a estragar. Explicou também que tem se virado bem, que outro dia fez hamburguer e nuggets, nesse momento ele saltou da cadeira e foi ao lado do motorista e mostrou o ante-braço todo queimado.

Coitado, nunca havia feito nuggets, quando jogou na panela, o óleo espirrou queimando-o.

Mas ele estava determinado a preparar alguma coisa, disse que havia perguntado para fulana (creio que devia ser alguém do trabalho) como preparava alguns legumes, isso ele teria que fazer para não jogar fora. De repente ele vira feliz da vida para o motorista e diz: ” já sei, hoje vou preparar um feijãozinho”…

Nessa hora, me deu vontade de rir, na verdade eu já estava com vontade de rir desde o princípio, mas ainda me segurei… e ele foi explicando que o difícil era refogar, o motorista deu sua contribuição, dizendo qe não gostava de feijão refogado, que ele jogava alho amassado e sal na panela depois do feijão pronto. O rapaz retrucou que tinha assistido um programa na TV e a apresentadora fez separadamente um refogado com linguiça, cebola, alho e sal e depois jogou dentro da panela, e eu pensando, lá vai ele se queimar novamente quando for preparar a linguiça… mas fiquei quieta, seria demais dar palpites naquele papo mesmo estando indiretamente participando e compartilhando o problema do rapaz, de repente eu escuto uma voz vindo do fundo do ônibus: “não esquece do louro” …

E ele sem entender, com uma cara de quem está falando o que e por que, olhou para o fundo do transporte coletivo e a pessoa repetiu: “é, não esquece o louro” …

Eu levantei rindo e não posso contar o final, pois desci do ônibus.

Aos 30&Alguns vejo como algumas pessoas ao escutarem as conversas alheias são como eu, escutam, pensam em algumas respostas mas não cometam e outras são mais do tipo: não basta escutar, tem que participar… 😀

Curta nossa página 😉

5 thoughts on “Homem solteiro que mora com a mãe

  1. Eu sou sinistro na cozinha…
    Não me arriscaria a fazer feijão!

    Meu sanduiche é campeão!

    já reparei que a maioria dos homens solteiros fazem excelentes sanduíches, inventam e as combinações geralmente são boas, dignos de restaurante… 🙂

  2. Eu às vezes fico com vontadade de me meter na conversa, mas infelizmente, pela boa educação q recebi, fico só escutando e no final, fico com mta raiva por não ter participado.
    Pq tem vezes q papo de onibus não dá pra ficar de fora.
    bju

    hehehehe … bjs

  3. Concordo com a Denise: tem papo de onibus que é imperdível! Já fui do Rio até N.Friburgo (2 horas e meia) com o motorista contando da construção do “puxadinho” da sua casa! Como já era tarde da noite, fui dando corda… vai que dá sono no sujeito ????
    Um beijo.

    é mesmo, melhor ficar de papo … sempre tem coisa interessante acontecendo… 🙂 bjs

  4. Pingback: Passeando por aí, reparando, pensando e escutando at 30 & Alguns
  5. Apesar de rolarem as feijoadas campeãs na família, eu não me arrisco, mas bato em todos os meus irmãos quando se trata de massas, saladas e risotos… 😀
    Sanduíche nem preciso comentar, né! Quando tô comendo sempre ouço “ô vei, o q foi q vc botou aí no pão? ta cheiroso” kkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn