Mães que fecham os olhos

Com um bebezinho de seis meses, não é sempre que consigo assistir a tv, mas quando dá acompanho, coisa que não fazia a muito tempo, a novela Insensato Coração. A princípio não gostava pois achava que mostrava muita maldade e que não era possível ter tanta gente má no mundo, até que vi acontecer com pessoas queridas coisas que qualquer um juraria que seria possível ocorrer apenas em novelas.

Uma amiga de adolescência, uma vez me falou que a gente jamais é capaz de achar que alguém vai cometer algum ato do qual não imaginaríamos fazer a não ser que já tenhamos escutado relatos de situações que alguém o cometeu, por exemplo, jamais poderia imaginar que em uma sociedade entre irmãos, um poderia passar a perna no outro, pelo simples fato de jamais conseguir imaginar essa situação acontecendo na minha família, como já soube de caso onde  isso aconteceu, desde então, não me espanta mais se tal fato ocorrer.

Em Insensato Coração, uma mãe que sempre fechou os olhos para as coisas erradas que o filho fazia me chamou a atenção, durante esses 30&Alguns anos de vida, já presenciei e/ou tomei conhecimento de muitas mães que fechavam os olhos para coisas erradas que os filhos faziam.

Tem uma grande diferença entre a mãe que não sabe o que o filho ou filha está fazendo e a que sabe, mas decide fechar os olhos e fingir que não vê, que não sabe…

Algumas vezes faziam por pura comodidade, outras por que de uma forma ou de outra se beneficiavam da situação, principalmente quando havia dinheiro envolvido, outras para não terem que enfrentar o fato e então ter que compartilhar com o pai, tem ainda aquelas que tentam viver de aparência perante a sociedade…

Lá em casa se quisessémos fazer algo errado, tinha que ser bem feito, porque minha mãe se soubesse não fechava os olhos e ainda contava tudo para o meu pai, lembro certa vez que “implorei” para ela não contar, pois temia a bronca e ela me disse que não havia me feito sozinha, que eles eram companheiros, que ambos tinham responsabilidades para conosco os filhos e não era correto esconder do outro qualquer que fosse os acontecimentos relacionados a nós,  e pra sempre eu soube que ela jamais omitiria nada dele.

Aos 30&Alguns olhando para o meu bebzinho, espero ao longo de sua vida, ser uma mãe que jamais feche os olhos para os acontecimentos e atos bons e/ou ruins que permearem a sua vida, peço a Deus força e sabedoria para saber identificar quando ajudá-lo e sempre poder contar com o seu pai para que ele saiba que pode contar conosco e acima de tudo que cresça para ser um homem de bem em todos os sentidos.

Curta nossa página 😉

4 thoughts on “Mães que fecham os olhos

  1. Pingback: Rede Geral Perfis
  2. Veri, na Bíblia, numa breve referência às mães, o profeta Isaias indaga o seguinte:

    – Pode uma mulher esquecer-se do filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre?

    Da analise do texto sagrado percebe-se que o elemento de comparação é muito sublime: o amor, o carinho, a atenção, a dedicação materna, só tem comparação ou só tem elemento de comparação em Deus, o pai supremo.

    Por mais que nós, homens consigamos amar os filhos, nunca chegaremos a este nível de comparação!

    E D. Denise foi justa!

  3. Pingback: Sylvia Cheleiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn