Não vou e ponto final.

Algumas coisas me irritam hoje em dia e não me irritavam quando eu era mais jovem, acho que com o passar dos anos começamos a dar mais valor para as amizades, onde vamos, com quem vamos, quem encontraremos, quem queremos em nossa casa, a visão da casa como um templo que deve ser respeitado, etc.

Me irrita profundamente quando um amigo(a) me convida para um festão em sua casa, detalhe o festão é amanhã e eu estou sendo convidada hoje, ou quando liga e fala “vem aqui, está rolando uma festa”, na boa, não vou e pronto. Penso logo, que algum convidado chegou e perguntou por fulana, aí o amigo(a) dono(a) da casa, lembra da sua existência e te liga para convidar… ridículo, não faço isso com os meus amigos e sinceramente aprendi a curtir minha casa e meus momentos e me recuso a levantar correndo, me arrumar para ir em uma festa que na verdade não fui convidada. Hello!!!!

Não sei, dá a impressão que quem convida acha que não tenho vida nem amigos, que só fico coçando em casa esperando para alguém me ligar de última hora me chamando para ir beber umas cervas de graça, me poupe…

Também me irrito com quem sempre quer marcar algo e nunca marca, aliás isso é típico aqui no Rio, acho que é pelo costume do carioca de sempre que encontra com algum amigo/conhecido dizer “vamos marcar lá em casa”, o significado dessa frase é literalmente “até um dia”.

Aos 30&Alguns vejo que estou bem mais seletiva com minhas amizades e com os convites que aceito, faz parte do pacote que acompanha a idade. 😉

Curta nossa página 😉

15 thoughts on “Não vou e ponto final.

  1. Aqui em Florianópolis se fala bastante isso. Como eu sou um cara que não tem amigos de longa data, ou seja, não tive oportunidade, tempo, ou sei lá o que, de ter amigos duradouros, amigos de anos que sempre to em contato, acontece mais quando revejo alguém: “Pô, qualquer hora dessas vamos tomar uma cerveja…”

    Aliás, o sujeito nunca lembra que eu não gosto de cerveja, nem pra convidar pra um uísque, caipirinha ou a preferida coca-cola.

    É a melhor forma de dizer: “Tá, cara, dá licença que agora eu preciso ir cuidar da plantação de tomilho da minha mãe…” Algo muito mais urgente praquele momento.

    []s

  2. Olá Veridiana,
    Tudo bem?
    Obrigada pela visita e também desejo que teu Ano seja repleto de aventuras positivas e com muita saúde. Saúde é o que eu desejo sempre, pois com ela todo o resto se segue..
    Estive ocupada reorganizando tudo…e com crianças e empregada de férias…rs( já viu, né)
    Muitos beijos,Aline

  3. Me aconteceu agora a pouco. O amigo me convidou pelo MSN… eu estou na merda hoje. Kátia viajou, e deixou apenas um miojo no armário. Fui almoçar em churrascaria. E depois que sentei aqui, chega o convite… ha ha ha, até parece que vou sair daqui e ir lá… também falo na tampa da cara:

    – Não vou não, estou ocupado.

    Mesmo que eu só tenha o Faustão na televisão, e a conexão com a web esteja ruim.

    Concordo com você!!!

  4. Desde sexta que estou com esse mesmo sentimento dentro de mim, e lendo o seu post, completamente me encontrei nas suas palavras, talvez realmente seja a idade ou simplesmente o fato de existir certa consideracao em nos, enquanto em alguns parece estar em falta. TSU!
    Bom inicio de semana!

  5. Ah, ah, Veridiana, que bom que você escreveu sobre isto. Já estava me sentindo uma velha anti-social. Também não gosto dessas coisas de “vem para cá, que está rolando algo…”. Não dá mesmo, né. Agora, se for algo que foi combinado de repente, aí é outra história, como , eu resolvo ir a um cinema ou outro evento e ligo para uma amiga e convido-a para ir. Há que se entender as circunstâncias.
    beijo, menina

  6. Pingback: Veridiana via Rec6
  7. Becher, meu irmão não come carne e sempre é convidado pra churrascos, assim como o meu marido não bebe cerveja e sempre é chamado para uma cervejinha… vai entender?

    Alcinéia e Adão, tb não convido, nem apareço quando sou convidada assim, estou ocupada ou indisposta.. 😉

    Rayol, ainda não cheguei ao ponto da vingança 😀

    Ale a falta de consideração quando demonstrada para conosco nos magoa principalmente quando temos considerações com aqueles que fazem parte do nosso círculo de “amizade”.

    Tita com certeza, festão nãoi foi organizado agora e agora mesmo já está cheio de gente.

    Silvano, vai ver que nos convidam em cima da hora, porque sabem que não vamos…. 😀

    Denise, concordo com você, às vezes acontece de estar sem fazer nada e ligar para uma amiga e perguntar o que ela está fazendo e em cima da hora bolarmos algo, mas como você disse, há que se entender as circunstâncias. bjs

  8. Foda que aí vc deixa de se divertir e fica em casa, coçando, por mero “orgulho”.

    Sei lá, se eu to em casa sem fazer nada e alguém me chama pra festa (portanto um convite), mesmo que na mesma hora, eu acho válido sair pra conversar e se divertir.

    Mas vai ver eu penso assim porque ainda estou no 20 e alguns…

  9. Pingback: Retrospectiva 30&Alguns 2008 | 30 & Alguns
  10. Pingback: Dupla Jornada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn