Bullying e a cirurgia plástica otoplastia em crianças

Você sabia que “orelha de abano” com uma média de 2,5 mil cirurgias por mês, figura entre os dez procedimentos de cirurgia plástica mais realizados no país?

A otoplastia, cirurgia plástica ou estética  que corrige a má formação da orelha, sendo a mais conhecida a “orelha de abano”,  pode ser feita a partir dos 6 anos com anestesia local e pequena incisão de 3 a 4 centímetros na parte posterior da orelha.

Tal cirurgia plástica tem sido realizada cada vez mais cedo entre o público infantil. Antigamente tal crirugia era procurada apenas por adolescentes, hoje tornou-se um dos dez procedimentos mais realizados no país.

Muitos pais optam pela cirurgia como uma maneira de evitar o bullying sofrido pelos filhos, especialmente no ambiente escolar, já que o  impacto emocional pode prejudicar o desempenho escolar e comprometer a convivência social, fazendo a criança se retrair e evitar exposições públicas.

Muitos acreditam que essa é uma excelente maneira de devolver a autoestima às crianças que passam a sofrer bullying.

O procedimento, considerado um dos mais simples, pode ser conduzido com anestesia local e em alguns minutos a orelha é corrigida. Como a  incisão é pequena, de três ou quatro centímetros, deixa apenas uma pequena e discreta cicatriz escondida atrás das orelhas.

A Otoplastia pode ser feita a partir dos primeiros meses de vida, sendo ideal aguardar até que a criança complete 7 anos de idade, período em que a orelha já está totalmente formada.

O diagnóstico médico é feito com exame clínico. As deformidades se localizam fundamentalmente em 2 pontos da orelha, na concha (a parte funda da orelha) e na anti-hélix (a parte mais saltada no meio da orelha).

E você o que acha dessa forma de combater o bullying?

Curta nossa página 😉

One thought on “Bullying e a cirurgia plástica otoplastia em crianças

  1. O bullying é uma prática baixa e que deve ser punida nas escolas! Apesar disso, podemos contar com grandes cirurgiões no Brasil para realizar cirurgias deste tipo e salvar muitos garotos do preconceito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Follow by Email
Pinterest
LinkedIn