Rainha do Ignoto

O fantástico (e ousado) feminismo de 1899! A escritora cearense Emília Freitas, era abolicionista, socialista e avessa à tortura. Em 1899, perante aos seus ideais, resolveu mudar a sua narrativa em relação às mulheres. De bruxas, tornaram-se heroínas. Em meio a uma sociedade patriarcal e conservadora do Brasil no fim docontinue lendo