Redefinindo o ciclo do sono: Síndrome do atraso das fases do sono (SAFS)

O sentimento de não conseguir ter uma boa noite de descanço, de ficar deitado na cama sem ter nada para fazer, sem poder dormir, noites em claro e exaustão durante o dia pode fazer sentido quando você entender o que é a Síndrome do atraso das fases do sono (SAFS).

Nessa síndrome, o relógio biológico interno tem corridas mais longas do que o ciclo normal de 24 horas, resultando no desejo de ir dormir mais tarde e acordar mais tarde.

Uma maneira de corrigir este problema é redefinindo o relógio da pessoa através do uso de fototerapia (terapia de luz brilhante), que consiste em expor o paciente a uma luz artificial de manhã e evitando qualquer tipo de exposição à luz, à noite.

Uma pesquisa realizada em 2006 nos EUA, pela National Sleep Foundation descobriu que apenas 4 em cada 10 adolescentes disseram ter tido uma boa noite de sono todas as noites ou quase todas as noites.insonia

Na verdade, como as crianças mudam durante a puberdade, o mesmo ocorre com seus hábitos de sono, especificamente, seus ritmos biológicos – o sono ea vigília – ficam mais longos e em graus variados. Isto pode fazer com que um adolescente funcione melhor à noite e precise dormir mais tarde.

Adolescentes com ritmos longos – 25 horas ou mais – são considerados atrasados. Quando isso acontece, o cronograma de corpo pode entrar em conflito com o da escola e da sociedade, e os adolescentes podem experimentar sonolência diurna ou outro sintoma comum, hiperatividade.

A Academia Americana de Medicina do Sono, constatou que embora não saiba quantas pessoas na população em geral têm a síndrome, estima-se que seja algo como 16% dos adolescentes, e que a síndrome ocorre em cerca de 1 / 10 das pessoas que frequentam clínicas do sono e que sofrem de insônia crônica.

Há duas coisas em particular que a criança irá demonstrar quando sofre da síndrome do atraso das fases do sono, uma delas é a dificuldade incrível de ir para a cama à noite, a insônia e a segunda é que será muito difícil de acordar durante o dia. Parecem ser  preguiçosos ou não querer fazer o que pedem pra eles, mas na verdade estão apenas atrasados, não podem se levantar, pois o relógio externo não coincide com o relógio interno e esse desencontro precisa ser corrigido.

O relógio interno do corpo é definido pela exposição à luz, fototerapia é uma maneira de trazer um ritmo muito longo para baixo, para um ritmo normal de 24 horas. Bastando para isso simplesmente ficar sentado na distância de o comprimento do braço de uma caixa de luz especialmente projetada durante cerca de 30 minutos todas as manhãs,  depois de vários meses arruma o relógio do corpo em um ciclo normal.

Se uma criança está tendo um momento difícil, há coisas que os pais podem fazer para seus filhos, além de manter um horário regular de sono-vigília, como deixá-los mais expostos a luz durante o dia, logo que acorda, e diminua as luzes à noite, tente se livrar da luz na hora de dormir.

Via.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.